Programas de reabilitação urbana de Silves já aprovaram 8 projetos e abrem novas candidaturas

O Município de Silves, “em reunião do Executivo realizada a 25 de janeiro último, procedeu à aprovação da atribuição de apoios no âmbito das candidaturas, apresentadas em 2020, ao Programa de Apoio à Melhoria das Condições de Habitabilidade (PAHAB) e ao Programa de Apoio à Recuperação dos Jardins e Pátios Interiores (PARJPI), e que se traduzem numa comparticipação global de obras de reabilitação urbana na ordem dos 13 mil euros (mais IVA)”.

Segundo informa a autarquia, “neste âmbito, mereceram aprovação oito candidaturas ao PAHAB, com um valor de intervenção global de 199.740 euros, comparticipados pela autarquia em 11.640 euros; e três candidaturas ao PARJPI, com um valor global de intervenção de 8.552 euros, comparticipados em 1.500 euros.”

Quem quiser candidatar-se a estes apoios, pode fazê-lo até ao dia 31 de março. Os interessados podem consultar e fazer download de todos os documentos no site da Câmara Municipal de Silves.

“Contribuir para a melhoria das condições de habitabilidade do edificado localizado na ARU de Silves e, assim, reforçar a atratividade dessa área de reabilitação, designadamente para fins habitacionais, é o principal objetivo do PAHAB. A comparticipação do Município de Silves fixa-se em 20 % do valor máximo de despesa elegível (neste caso o máximo da despesa elegível varia de acordo com a tipologia dos trabalhos comparticipáveis definidos em regulamento).

O PARJPI visa contribuir para a valorização, promoção e conhecimento do património natural e paisagístico da cidade de Silves, concretamente os espaços verdes privados localizados na ARU de Silves. Neste programa a comparticipação do Município de Silves fixa-se em 20 % do valor das obras realizadas, tendo como limite máximo, por intervenção, o montante de 500 euros”, informa a autarquia.

Veja Também

Turismo interno superou as melhores expetativas no Algarve

O mercado interno superou as melhores expectativas do setor do alojamento turístico no Algarve para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *