AMAL discute situação epidemiológica no Algarve

“A situação epidemiológica no Algarve, as medidas adotadas e os respetivos impactos na Região” foi o tema de uma reunião alargada da Conferência dos representantes dos Grupos Intermunicipais, que decorreu na passada semana, por videoconferência.

A Saúde e a Economia da região foram as duas áreas que se destacaram nesta iniciativa. Para falar sobre a primeira teve a palavra Paulo Morgado, presidente da ARS Algarve, que centrou a sua intervenção ao nível da evolução epidemiológica na região do Algarve. Foi feito um balanço na área da saúde, nomeadamente quanto ao número de camas disponíveis, o número de novas infeções, a abertura de mais áreas de testagem, as infraestruturas que estão a ser utilizadas para apoio a doentes e as que estão preparadas para entrar em funcionamento, caso a situação assim o justifique. Sublinhou ainda o esforço das várias entidades públicas, privadas, regionais e locais no combate à doença, assumindo que, nesta fase, e de uma forma geral, a região tem conseguido dar resposta a este flagelo. No final, Paulo Morgado, explicou como está previsto decorrer o Plano de Vacinação no Algarve.

Depois da sua intervenção foi, por todos os Grupos Intermunicipais, destacado e enaltecido o esforço, o espírito de sacrifício e de missão de todos os profissionais de saúde a prestar serviço na Região, a quem foi prestada a devida homenagem.

Na área da Economia foi realçada a necessidade urgente do reforço dos apoios económicos para a região, tendo sido destacada a importância da concretização do Plano de Recuperação Económica do Algarve, já em elaboração, com vista a desenhar uma estratégia regional de combate aos efeitos provocados pela pandemia na economia da região. Sendo o Algarve uma das zonas do país mais afetadas pelas consequências provocadas pela COVID-19, o grupo de trabalho destacou, igualmente, o papel fundamental da Rede Investalgarve – Rede Regional de Apoio ao Desenvolvimento Económico e Social, criada em 2015, que pretende reforçar a capacidade empresarial das PME da região e constitui um sistema de resposta, em rede, para o estímulo ao empreendedorismo, ao investimento e ao espírito empresarial.

A reunião contou com a presença dos representantes dos Grupos Intermunicipais, dos membros da Mesa da Assembleia Intermunicipal da AMAL, presidida por José Águas da Cruz, do presidente do Conselho Intermunicipal, António Pina e do primeiro Secretário da AMAL, Joaquim Brandão Pires. Como convidado esteve presente o presidente da ARS Algarve, Paulo Morgado.

O próximo encontro dos Grupos Intermunicipais está previsto para o próximo mês de maio, com o tema: “A situação económica e social do Algarve resultante da COVID-19 e as medidas de estímulo contempladas no programa “NextGenerationEU” para a Região”. Contará com a presença do presidente da CCDR do Algarve, José Apolinário.

 

Fonte: AMAL

Veja Também

COVID-19 – Algarve sobe, com 3.807 casos ativos e 140 internados

A Autoridade de Saúde Regional fez hoje o balanço da situação epidemiológica da região, informando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *