Apresentação do livro “O Ser Invisível”

Beatriz Rosário lançou recentemente o seu livro de poesia, “O Ser Invisível”, com ilustrações do artista plástico João Sena.

«Vivemos numa sociedade onde o enfoque das nossas vidas está, sobretudo, no visível, no material, na obtenção imediatista de tudo…
Desejo falar-vos de um tempo antes do tempo, que nos envolve e aprisiona; de um universo paralelo ao universo da indiferença, do vazio, da solidão, do silêncio e da dor…
Desejo levar-vos a lugares onde, mais que ler cada palavra com os olhos racionais, é possível ler com os olhos da Alma, é ser capaz de despertar os sentidos adormecidos, entorpecidos do nosso ser.
É capacitar a nossa estrutura, acumuladora de padrões mentais e comportamentais, para ver o invisível, o que esquecemos, o que teimosamente determinámos eliminar da nossa essência, mas que nos torna perfeitamente imperfeitos, mas…. Humanos…
Hoje desejo abraçar-vos e, apenas posso fazê-lo, com as minhas palavras… Anseio ver, com cada um de vós, o invisível… e despertar deste torpor e indiferença, que nos mantém aquém de quem realmente podemos ser, se a nossa cegueira for curada… A cura está na nossa essência, no invisível do nosso ser…
Guiada pelas formas e cores de pinturas realizadas pelo Artista Plástico João Sena, fui aos poucos removendo camadas que escondiam o profundo do Invisível do Ser. Numa fuga ao racional, mergulhei, serenamente, neste mistério onde respostas a inúmeras questões pululavam constantes em mim…
A cada camada removida abri portas a extraordinários universos, todos eles ansiosos por serem percorridos pelas palavras que fui encontrando para descrevê-los…
Dei-lhes formas e preenchi-os com aquelas cores e traços, para os poder tornar visíveis…. Entrelacei-os com as minhas próprias emoções, aguardando, expectante, que ganhassem mais sentido com as vossas próprias emoções…
Convido-os a iniciarem esta pequena, mas intensa viagem, onde o Ser Invisível apenas o é, se o desejarmos que seja…», escreve a autora na apresentação desta obra, publicada pela Arandis Editora.

A pandemia levou ao cancelamento de apresentações públicas do livro, nomeadamente a que estava prevista na Biblioteca Municipal de Silves, mas quem desejar adquiri-lo pode fazê-lo contactando a editora ou através do e-mail da autora: solphegyo@gmail.com. O custo do mesmo é de 20 €.

 

A autora, Beatriz Rosário nasceu em 1969, em Angola. Filha de um algarvio e de uma angolana veio aos quatro anos para Lagoa. Por razões familiares, fez o ensino secundário em Silves, até prosseguir os estudos na Universidade de Faro. Professora de Português e de Inglês, lecionou na EB2,3 João de Deus, em São Bartolomeu de Messines. A Arte, diz, é a sua paixão, em todas as suas vertentes.

 

 

 

 

O autor João Sena nasceu em Portimão, em 1972. Estudou e investigou diversas técnicas e estilos de pintura com materiais como óleo, acrílico, pastel, carvão, entre outros.
Em 1997, através da exposição Conclusão…nenhuma, exibe ao público os seus primeiros trabalhos. A sua obra denota um grande fascínio pelo surrealismo de Salvador Dalí e uma obsessão em aperfeiçoar um estilo de técnicas de pinturas próprias, acabando por descobrir a vasta fantasia e intensidade presente na arte. Segundo palavras suas, “nos meus trabalhos tento fazer uma auto-observação da vida e tudo o que ela envolve, pintando sonhos, mistérios e histórias”.

 

Veja Também

A toponímia na cidade de Silves – Após a Revolução de Abril

4. Toponímia criada após a Revolução de Abril O 25 de Abril, data marcante da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *