PCP promove Audição Pública sobre o sector da Cultura no Algarve

O PCP promove, no dia 30 de outubro, uma Audição Pública, no próximo dia 30 de Outubro, para analisar a situação do sector da Cultura na Região do Algarve, “no qual trabalham milhares de profissionais em diversas áreas” e que “foi e continua a ser gravemente afetado” pela pandemia.
Esta Audição Pública contará com a presença de Manuel Pires da Rocha, músico, professor e ex-director do Conservatório de Música de Loulé, e terá lugar, pelas 21h30, no Clube Farense (Rua de Sto. António, Faro.
Um dos objetivos desta iniciativa é “recolher o testemunho dos agentes culturais da região, das estruturas, associações e coletividades, dos trabalhadores e das empresas que desenvolvem atividade neste sector.”

“A profunda sazonalidade que marca a dinâmica regional, decorrente de décadas de promoção da monoactividade do turismo, reflete-se transversalmente em toda a sociedade, com um impacto económico e social que tem condicionado direta ou indiretamente todos os envolvidos nas diversas vertentes da criação e a fruição cultural. A situação vivida desde março, no país e no mundo, veio agravar problemas estruturais deste sector, afetando particularmente os seus trabalhadores em estruturas públicas ou privadas, as empresas prestadoras de serviços e todo um conjunto de atividades que, ao se confrontarem com uma tão grande redução de público, vêm comprometida a sua continuidade”, afirma o PCP.

Assim, a Audição Pública pretende também  o  “apurar da realidade e o conhecer a evolução de problemas, que não foram resolvidos pelas insuficientes medidas propostas por governo e autarquias” para  permitir “uma melhor intervenção e construção de propostas”,

Esta iniciativa é aberta a todos os interessados e decorrerá com a natural salvaguarda das medidas sanitárias recomendadas pela Direção Geral de Saúde.

Veja Também

CDU de Silves destaca trabalho de Mário Godinho enquanto autarca, ao longo de mais de três décadas

Após o anúncio da renúncia de Mário Godinho das funções de vice-presidente da Câmara Municipal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *