Conhecer o Município de Silves – retrato estatístico (corrigida)

No âmbito do 10º aniversário da PORDATA – projeto da Fundação Francisco Manuel dos Santos –  ao longo de 2020, esta entidade decidiu divulgar uma série de retratos estatísticos sobre cada um dos 308 municípios portugueses, fazendo-o para assinalar os respetivos feriados municipais e para “garantir que a sociedade esteja mais informada sobre o seu município”.

Os dados que aqui se apresentam constituem alguns indicadores-chave do Município de Silves, baseados em mais de 20 fontes oficiais, que comparam dados de 2010 com a realidade mais recente (2018). Estes indicadores estão disponíveis no site da Pordata.

Seguem alguns destaques com os dados mais recentes sobre o município:

Feriado municipal: 3 de Setembro

  • 200 habitantes1
  • Por cada 100 residentes, 17 são estrangeiros1
  • Por cada 100 residentes, há 14 jovens com menos de 15 anos, 62 adultos e 24 idosos com 65 ou mais anos1
  • Há 171 idosos por cada 100 jovens, mais 14 idosos do que a média nacional1
  • 943 desempregados inscritos nos centros de emprego (4,2% da população residente entre os 15 a 64 anos), 53% a menos que os inscritos em 2010 (018)
  • 5072 alunos matriculados nos ensinos pré-escolar, básico e secundário1
  • 936€ é quanto ganham em média os trabalhadores por conta de outrem no município, 231€ abaixo do ganho médio a nível nacional2
  • Os beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) eram 1.384 em 2010 e 294 em 2018
  • Em 2018 havia 707 trabalhadores da Administração Pública Local contra 774 em 2010
  • 23 alojamentos turísticos, mais 14 do que em 2010
  • 16 bancos, caixas económicas e caixas de crédito agrícola mútuo, menos 9 que em 2010
  • Saldo financeiro positivo da CM: +1.095 mil € (receitas: 35,7 Milhões €; Despesas: 34,6 Milhões €)2
  • 13% das despesas da C.M. foram destinadas à cultura e desporto, valor superior ao de 2010 (11% do total das despesas) 2
  • 11% das despesas do município são relativas ao ambiente, 3 pontos percentuais acima do valor registado a nível nacional (8%)2
  • O valor médio de avaliação bancária da habitação foi de 376 € por m2, 184 € superior à média nacional2
  • Os crimes registados pelas polícias por mil habitantes foram de 57% em 2010 e 38,9% em 2018
  • Resíduos urbanos recolhidos seletivamente por habitante (kg) foram de 148,7 em 2010 e 222,8 em 2018

As fontes oficiais utilizadas foram: INE, ANSR, APA, BP, CGA, DGAL, DGEEC, DGEG, DGO, DGPJ, DGS, ERSAR, GEE, GEP, ICA, IGP, IISS, ISS, SEF, SGMAI, SIBS

______________________________

1 – Dados de 2019

2 – Dados de 2019

Nota: Esta notícia foi corrigida, por haver uma gralha nos números dos estudantes do ensino básico que são 5.072  e não 72 como, por lapso, se escreveu inicialmente. 

Veja Também

ACRAL diz que Governo não pode ignorar a recessão económica que se vive no Algarve

A Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL) divulgou os dados de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *