Almargem lança vídeo “Juntos pelo turismo responsável” para promover Via Algarviana

A Associação Almargem, entidade responsável pela gestão e manutenção da Via Algarviana, “acaba de lançar o vídeo “Juntos pelo Turismo Responsável”, enquadrado na campanha de acompanhamento dos empresários no setor do turismo do Algarve que arrancou no final do mês de abril deste ano, no contexto da pandemia de COVID-19. O vídeo reúne alguns dos empresários que operam na Via Algarviana e tem como objetivo mostrar alguns dos rostos que estão por trás desta Grande Rota que atravessa o interior algarvio, de Alcoutim ao Cabo de São Vicente, ao longo de cerca de 300 quilómetros.”

Segundo a Almargem, esta associação promoveu, em maio, um inquérito aos empresário do sector do turismo e ficou “preocupada”  com os efeitos da pandemia no sector, especialmente do Turismo de Natureza, caracterizado sobretudo por microempresários, “em que se registou uma quebra de volume de negócios total ou parcial resultante da suspensão ou diminuição da atividade das empresas.”“Pretendendo atender às necessidades especiais de divulgação manifestadas por parte dos empresários que participaram nesta auscultação, a Almargem lançou o desafio e propôs que fossem estes os protagonistas desta mensagem de confiança, lembrando que por trás desta infraestrutura está muito mais do que um território, estão as pessoas que nela operam e que contribuem para uma experiência humana e autêntica. A Almargem espera contribuir para a dinamização do setor na região, dando ênfase à importância de utilizar os serviços de alojamento, restauração, agências e operadores turísticos, empresas de animação turística, entre outros serviços complementares, contribuindo para a economia local e aproximando todos de um turismo mais responsável.”
O vídeo foi filmado no início do passado mês de julho, sendo agora apresentado em setembro, numa altura em que se prepara o reinício da época de caminhadas e BTT, com o aproximar do final do verão. Os recursos utilizados foram os da própria Almargem, que contou com a colaboração dos empresários, sócios e colaboradores da associação para este trabalho, sem qualquer tipo de investimento financeiro associado.

O vídeo será divulgado nas redes sociais da Almargem e da Via Algarviana e “espera-se que esta mensagem de esperança alcance o maior número de utilizadores, especialmente os interessados na área do Turismo de Natureza.” O mesmo pode ser visto aqui: https://www.facebook.com/associacaoalmargem/videos/2818072915092217/?t=3

Sobre a Via Algarviana: – A GR13 – E4 “Via Algarviana” liga Alcoutim ao Cabo de São Vicente, numa extensão de cerca de 300 quilómetros percorrendo os territórios de Baixa Densidade. A Via Algarviana, neste momento, além do seu eixo principal, apresenta uma grande rede de produtos complementares englobando assim 13 concelhos do Algarve (Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila do Bispo).
O projeto “Via Algarviana” tem contribuído para o desenvolvimento de uma rede de percursos pedestres no Algarve, devidamente sinalizados e divulgados, e tem levado a cabo a missão de promover o património natural e cultural do interior algarvio, com a dinamização de serviços de alojamento e restauração, levando cada vez mais visitantes ao “Território Via Algarviana”, localizado no interior algarvio.

Sobre a campanha “Via Algarviana: Juntos pelo Turismo Responsável”:
A campanha “Via Algarviana: Juntos pelo Turismo Responsável” apresenta uma imagem criada para assinalar toda a informação e materiais que sejam criados neste âmbito. A imagem pretende transmitir uma mensagem de resiliência, utilizando simbolicamente a borboleta pela analogia à metamorfose e à reinvenção que o momento atual exige da sociedade, e a cor verde que remete para a esperança e para a união necessária para recuperar conjuntamente o sector económico turístico da região.

Veja Também

Inscrições para webinar sobre inovação no turismo

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve), em articulação com a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *