Algarve: número de desempregados aumenta mais de 200 por cento

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego do Algarve aumentou 202,4% em maio, face ao mesmo período do ano anterior, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Assim, no final do mês passado  estavam registados nos serviços de emprego da região 27.675 desempregados, mais 1.296 do que em abril (+4,9%) e mais 18.522 do que em maio de 2019 (+202,4%).

Estes números fazem da região do Algarve aquela onde se regista o maior aumento do número de desempregados, seguida de Lisboa e Vale do Tejo (+42,7%) e do Alentejo (+32,9%).

A nível nacional o desemprego cresceu 34%, registando-se agora mais 103.763 desempregados do que em maio de 2019, num total de 408.934 desempregados inscritos. Comparando com o mês de abril, no final de maio estavam inscritas mais 16.611 pessoas, o que representa uma subida de 4,2%

Os mais atingidos pelo desemprego são as mulheres, os adultos com idades iguais ou superiores a 25 anos, os inscritos há menos de um ano, os que procuravam novo emprego e os que possuem como habilitação escolar o secundário. Em termos de origem do desemprego por atividade económica, quase três quartos vieram do sector dos serviços com grande destaque para áreas relacionadas com o turismo (+44,7%)

As subidas percentuais mais acentuadas verificaram-se nas atividades de: “alojamento, restauração e similares” (+89,3%), “transportes e armazenagem” (+62,8%) e “atividades imobiliárias, administrativas e dos serviços de apoio” (+57,5%).

Veja Também

DECO PROTESTE alerta que muitos portugueses pagam mais IMI do que deviam

A DECO PROTESTE, organização de defesa do consumidor, alerta para uma possível cobrança incorreta do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *