COVID 19- ZAP de Silves recebe companheiros do homem infetado em Armação de Pêra

São cinco as pessoas que se encontram alojadas na Zona de Apoio à População (ZAP) de Silves, instalada num bloco do Instituto Piaget.
Estas pessoas, disse ao Terra Ruiva a presidente da Câmara Municipal, Rosa Palma, habitavam no mesmo apartamento do indiano residente em Armação de Pêra e que, como se soube há dois dias, contraiu a COVID-19.

Este caso gerou algum alarme social em Armação de Pêra devido, principalmente, ao facto da comunidade indiana ser bastante numerosa nesta vila, e habitar em apartamentos, e noutros locais improvisados, normalmente em grande número e nem sempre com as condições essenciais.
A presidente da Câmara, igualmente preocupada com as eventuais repercussões deste caso, conta que se deslocou imediatamente a Armação de Pêra para se inteirar da situação, tendo diligenciado para conseguir um transporte apropriado, que acabou por ser providenciado pela Cruz Vermelha. Assim, estas pessoas foram encaminhadas diretamente para o centro de testes à COVID-19, que está a funcionar na Fissul, em Silves. Segundo Rosa Palma, depois de efetuarem os testes, as pessoas foram conduzidas até à ZAP de Silves onde se encontram a aguardar os resultados.
Por outro lado, em Armação de Pêra “foi possível articular, com a Junta de Freguesia, a higienização do referido apartamento”, acrescentou Rosa Palma.

Como o Terra Ruiva noticiou anteriormente, o Município de Silves tem já pronta a ZAP de Silves, com uma capacidade inicial de 50 camas, e tem estado a preparar mais duas zonas de apoio em Pêra e Armação de Pêra, num total de 180 camas.
As ZAP destinam-se a acolher grupos específicos da população do concelho que necessitem de ficar em isolamento, acolher e apoiar, se necessário, elementos das forças da Proteção Civil e do Serviço Nacional de Saúde ou outros a definir pela Delegada de Saúde.

Sobre estes espaços, a presidente Rosa Palma fez questão de sublinhar que em nada se assemelham aos “hospitais de campanha” tal como são habitualmente mas que, ao contrário, a autarquia e as entidades que colaboraram fizeram um esforço para assegurar camas em condições e algum mobiliário, como sofás e outros, na tentativa de oferecer o melhor acolhimento possível a quem tiver de ali permanecer.

A operacionalização destas ZAP’S é o resultado do esforço conjunto entre o Município de Silves, as entidades cooperantes da Subcomissão de Proteção Civil e em particular, o Instituto Piaget de Silves e o Agrupamento de Escolas Silves-Sul, na cedência imediata das suas instalações, o Hotel Vila Galé Náutico (de Armação de Pêra) que disponibilizou camas e roupas que permitiram equipar os espaços e da Centro Humanitário da Cruz Vermelha de Silves e Albufeira, que procedeu à montagem e organização do espaço.

De referir ainda que hoje, ao que foi possível apurar uma vez que a Administração Regional de Saúde do Algarve não divulgou o habitual relatório diário, não se terá registado nenhum novo caso no concelho de Silves.

Veja Também

Corte de trânsito na União de Freguesias de Alcantarilha e Pêra

O Município de Silves informa que a Rua do Poço Frito, na União de Freguesias …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *