Home / Sociedade / Educação / Tomou posse o novo diretor do Agrupamento de Escolas de Silves

Tomou posse o novo diretor do Agrupamento de Escolas de Silves

No dia 4 de março, pelas 18h, teve lugar no Auditório da Escola Secundária de Silves a cerimónia de tomada de posse do novo diretor do Agrupamento de Escolas de Silves – AES, o professor António José Condessa Martins.

António Condessa Martins

A cerimónia contou com as presenças da representante do delegado Regional de Educação do Algarve, Ilda Silva, e da presidente da Câmara Municipal de Silves, Rosa Palma, além de várias individualidades e representantes de instituições parceiras do Agrupamento.

Segundo a informação divulgada pelo Agrupamento, o ”professor Manuel António Domingos, presidente do Conselho Geral, fez um breve resumo da candidatura vencedora, que teve a votação de 88% dos conselheiros, e indicou que há grandes desafios futuros para um Agrupamento com 12 Escolas, que vão de Silves até São Marcos da Serra, o que o torna um Agrupamento muito complexo, sendo importante valorizar as valências e as características de cada uma e ao mesmo tempo ganhar a cultura de Agrupamento, continuando a alcançar os bons resultados que identificam as nossas Escolas.”
Por sua vez, António Condessa Martins “fez um discurso real das dificuldades, valências e potencialidades do AES e apresentou de forma geral o plano de ação e as estratégias que pretende pôr em prática no seu mandado, contribuindo em última análise para o sucesso dos nossos alunos. Destacou ainda a importância de todos os elementos da comunidade educativa na concretização do seu plano, tendo como fundo da sua apresentação a frase: Agrupamento de Escolas de Todos, para Todos e com Todos”.
Recorde-se que o novo diretor vem substituir o professor João Mourinho Gomes que dirigiu a Escola Secundária de Silves e mais tarde o Agrupamento de Escolas de Silves durante mais de duas décadas e que recentemente se aposentou.

Partilhe nas redes socias:
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Veja Também

Memórias Breves (24) – Uma lição em Tunis

É COMPLICADO entrar no tempo passado e desenvolver o futuro. Já o passado, esse, é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *