Home / Sociedade / Política / Acesso à água foi debatido em Silves, por deputado do PCP em visita ao Algarve

Acesso à água foi debatido em Silves, por deputado do PCP em visita ao Algarve

João Dias, deputado do PCP na Assembleia da República que assume a ligação ao Algarve, realizou no passado dia 10 de Fevereiro, inserido numa delegação do PCP, um conjunto de reuniões e visitas para abordar aspectos que marcam a realidade regional e que são motivo de intervenção para o PCP.

Como informa o PCP, a  “jornada iniciou-se com uma visita ao Centro de Saúde de Lagos onde, a par da reunião com a direcção deste centro se efectuou uma visita às suas instalações contactando com profissionais de saúde assim como utentes. Nesta visita, a delegação do PCP confirmou, não apenas o enorme esforço dos profissionais em garantir a qualidade dos serviços prestados, mas também, as consequências das opções de sucessivos governos que se reflectem na falta de trabalhadores para dar resposta às necessidades existentes.

João Dias, deputado da CDU

No início da tarde, a delegação do PCP foi recebida pela Associação de Regantes Beneficiários de Silves, Lagoa e Portimão onde houve a oportunidade de analisar a actual situação de seca que atinge a região, bem como, os investimentos necessários a realizar neste âmbito de modo a garantir a capacidade de rega e desenvolvimento da agricultura na região.

A jornada terminou com um encontro com vários investigadores da Universidade do Algarve que, na reunião com o PCP, expressaram as suas preocupações quanto ao desinvestimento do Estado no sistema científico nacional e na própria Universidade do Algarve, bem como, a situação de instabilidade profissional e de precariedade em que muitos destes investigadores se encontram.”

Do conjunto das visitas e encontros realizados o PCP recolheu elementos que “irão ter expressão em diversas iniciativas que nas próximas semanas serão desenvolvidas por via do seu Grupo Parlamentar na Assembleia da República”, afirma este partido.

Partilhe nas redes socias:
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Veja Também

Memórias Breves (24) – Uma lição em Tunis

É COMPLICADO entrar no tempo passado e desenvolver o futuro. Já o passado, esse, é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *