Home / Economia & Emprego / Economia / DECO informa: O que fazer se furar um pneu num buraco na estrada?

DECO informa: O que fazer se furar um pneu num buraco na estrada?

Delegação Regional do Algarve

CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO
O que fazer se furar um pneu num buraco na estrada?”

A DECO INFORMA…

Comece por chamar as autoridades policiais, dando conta do que se passou. Cabe-lhes a elaboração de um documento, que, na realidade, é essencial: o auto de notícia. É aí que se vai descrever a situação que levou a este infortúnio.
A si cabe então juntar o documento – que é pago à página – ao requerimento de participação de ocorrência, no qual deve apresentar o pedido de reembolso, ou seja, o pagamento das despesas de reparação do pneu danificado. Dirija-o às entidades competentes: a câmara municipal, a Infraestruturas de Portugal, ou uma concessionária de uma autoestrada.
Além de fotografar o local e o estado da viatura, tome nota de nomes e meios de contacto de condutores ou transeuntes que tenham presenciado o acidente. Se tiver de levar o caso a tribunal, as testemunhas são essenciais.
Se não tiver ainda reparado o automóvel, deve apresentar orçamento completo, com discriminativo de trabalhos e valores de mão-de-obra por hora para a reparação. Caso a viatura já tenha ido à oficina, deve apresentar fatura/recibo.

Resolvido? Não. O verdadeiro problema está apenas a começar… São várias as experiências de condutores que tratam de tudo e ficam à espera. Às vezes, anos. E pouco se pode fazer, além de ir insistindo. Porque outro problema é a falta de alternativa de entidades a quem o consumidor se pode dirigir. “Grande fluxo de trabalho” e “processo ainda para análise” são apenas algumas das pérolas do burocratês com que nos respondem nestes casos. Solução: Insista no pedido.

Se o requerimento seguir para uma autarquia, é praticamente impossível receber qualquer reembolso sem o auto de notícia. Exigimos que o consumidor seja compensado pela despesa do auto de notícia, assim como processos menos morosos.

Por isso, vamos dirigir as reivindicações ao Ministério do Planeamento e das Infraestruturas e à Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Partilhe nas redes socias:
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Veja Também

Concurso público para concessão de espaços comerciais no Mercado de Armação de Pêra

A Junta de Freguesia de Armação de Pêra informa que está aberto o Concurso Público …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *