Home / Sociedade / Cultura / Sessão de esclarecimento sobre concurso “Connecting Dots – Mobilidade Artística e Desenvolvimento de Públicos”

Sessão de esclarecimento sobre concurso “Connecting Dots – Mobilidade Artística e Desenvolvimento de Públicos”

A Direção-Geral das Artes promove uma sessão de esclarecimento, no dia 26 de novembro, em Faro, em colaboração com a Direção Regional de Cultura do Algarve, que terá lugar no Auditório do da Direção Regional de Cultura do Algarve, entre as 14h30 e as 17h00, no âmbito do concurso «Connecting Dots – Mobilidade Artística e Desenvolvimento de Públicos».

O concurso foi lançado, em setembro de 2019, pela DGARTES, na qualidade de parceira do Programa Cultura, no âmbito do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu/EEA Grants 2014-2021 e visa financiar projetos de programação artística multidisciplinar que contribuam para o reforço da oferta artística, do acesso e da participação nas artes nos territórios de baixa densidade de Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores (R.A.A.) e da Madeira (R.A.M.).

No âmbito deste concurso, as candidaturas são apresentadas em parceria obrigatória entre entidades artísticas portuguesas, municípios portugueses e entidades culturais da Islândia, Liechtenstein e Noruega.

Considerando os objetivos do financiamento, a importância fundamental das parcerias internacionais, e o papel que nelas assume a participação dos municípios portugueses, a DGARTES, em colaboração com as Direções Regionais de Cultura, promove um conjunto de sessões em todo o território nacional, para apresentação dos objetivos do programa e esclarecimento dos interessados na apresentação de candidaturas.

As apresentações incidem sobre a componente técnica, reservando um espaço para perguntas e respostas.

A entrada é livre, mediante preenchimento do formulário de participação, sujeita à lotação do espaço.

 

Partilhe nas redes socias:
Share on Facebook
Facebook
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Veja Também

Memórias Breves (24) – Uma lição em Tunis

É COMPLICADO entrar no tempo passado e desenvolver o futuro. Já o passado, esse, é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *