2º Encontro de Escrita e Escritores do Algarve, com Lídia Jorge e António Branco

A Associação Cívica Tomaz Cabreira vai levar a efeito o 2.º Encontro de Escrita e Escritores do Algarve, no dia 17 de novembro, entre as 10h e as 17h30, no Museu Municipal de Faro.
É uma iniciativa em parceria com as editoras da região, com o envolvimento da Direção Regional da Cultura e com o apoio do Museu Municipal de Faro.

Programa:
10h: Visita ao Museu Municipal de Faro

14h: “O poder da imagem”
Apresentação do livro de fotografia “Apontamentos fotográficos de Castelo Vide”, por Diogo Margarido;
Apresentação do trailer do filme de João Rodrigues “Cavalos de Guerra”
Troca de impressões entre Diogo Margarido e João Rodrigues (biólogo marinho e fotojornalista National Geographic).

15h30 – Breve momento musical de piano e guitarra com Paula Rocha e Luís Fialho.

16h – “O poder da palavra”
Conversa entre a escritora Lídia Jorge e o professor António Branco, moderada pela jornalista Rosa Veloso.

17h30 – Fim do Encontro

A Associação Cívica Tomaz Cabreira – Cidadania e Participação é uma associação sem fins lucrativos que tem por objeto “a intervenção cívica e a divulgação cultural”, com sede na zona de Faro, a qual foi constituída em 29-01-2010, por um conjunto de pessoas interessadas sobre as questões da cultura e da participação dos cidadãos nas mais diversas áreas da sociedade.

De acordo com os respetivos Estatutos, esta Associação, visando a promoção dos ideais democráticos, aspira a uma participação ativa na “construção de uma sociedade livre, inclusiva e solidária”, através da promoção e defesa da igualdade dos cidadãos e de uma cidadania ativa.

Efetivamente, Tomaz Cabreira, nascido em 23-01-1865, foi militar, professor e escritor, e também político, designadamente Ministro das Finanças de Portugal em 1914, tendo sido um homem intimamente ligado à implantação da República, e aos seus valores universais. Daí a inspiração nesta personagem, um algarvio de referência nacional, para a denominação desta Associação, cuja intervenção se pretende que seja de nível local e também global.

 

Veja Também

6ª Mostra Papas de Milho em Silves

Os saberes tradicionais e os sabores típicos do xerém voltam a encher com o seu …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *