Home / Vida / Psicologia / A base do sucesso

A base do sucesso

Na edição deste mês proponho uma reflexão sobre a questão do sucesso. A que está afinal ligado o sucesso? O que precisamos para ser bem-sucedidos?

A generalidade das pessoas tem tendência a considerar que para ter sucesso é necessário ser muito inteligente, possuir algum dom /talento ou ser bafejado pela sorte. Contudo, estudos recentes (Dweck, Carol – Universidade de Stanford) apontam para o papel fundamental do reforço positivo, ressaltando as conquitas, avanços e recuos. As pessoas inteligentes, não sentindo o seu trabalho reconhecido, podem desmotivar e deixar cair por terra a sua motivação e vontade de aprender.

A pesquisadora referida, reuniu alunos do quinto ano, dividiu-os aleatoriamente em dois grupos, e deu-lhes problemas de um teste de QI (quociente de inteligência). No fim do teste, ela elogiou o resultado das crianças de maneira diferente. O primeiro grupo foi elogiado pela sua inteligência: “Uau, isso é realmente uma boa pontuação. Você deve ser muito inteligente para conseguir isso.” O segundo grupo foi elogiado por seu esforço: “Uau, isso é realmente uma boa pontuação. Você deve ter-se esforçado muito para conseguir isso.” À medida que os exercícios propostos foram ficando mais difíceis, as crianças elogiadas pelo seu empenho continuaram confiantes e motivadas para aprender. Já as crianças elogiadas pela inteligência queriam continuar com as tarefas mais fáceis, já que com dificuldade de encontrar soluções para os problemas mais complexos, se sentiam totalmente fora da sua zona de conforto.

Outros estudos realizados corroboram esta ideia. As crianças que ouvem mais elogios pela sua persistência, apresentam um maior interesse por desafios e o seu foco no trabalho centra-se na identificação dos erros cometidos e na sua correção para poderem avançar na tarefa.

Assim sendo, como podemos ajudar nossos filhos a desenvolver a capacidade e o desejo de se esforçarem? Aqui ficam algumas dicas práticas:
– Tome atenção ao tipo de elogio que faz. Em vez de enaltecer apenas os resultados, elogie o processo para chegar no resultado.
– Tente estimular nos seus filhos uma mentalidade de desenvolvimento e desejo de aprender. Se as crianças acreditarem que o sucesso é resultado direto do quanto são (ou não) inteligentes, a motivação para tentar esforçar-se acaba, já que o sucesso está “predestinado”.
– Não deixe que eles acreditem que fracassar é algo horrível. Pelo contrário, mostre que o erro nada mais é do que um desafio que deve ser superado. Não há razão para ter vergonha de errar, se o erro nos fará progredir. Eles tornar-se-ão pessoas muito vulneráveis se acreditarem que não podem falhar nunca.
– Conte histórias de sucesso que enfatizem trabalho duro e o desejo de aprender. Ensine aos seus filhos que o cérebro é uma “máquina de aprendizagem” – quanto mais o usarmos, mais forte ele fica.

“O sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder entusiasmo.”
Winston Churchill

Veja Também

Homenagem a Teodomiro Neto com descerramento de placa toponímica

A Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines promove uma homenagem ao Prof. Dr. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *