Home / Sociedade / Política / Carla Benedito na presidência da Junta de Freguesia de Messines

Carla Benedito na presidência da Junta de Freguesia de Messines

Carla Benedito é, desde o dia 25 de março, a presidente da Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines.

Carla Benedito

A nova presidente da Junta de Freguesia fez a sua primeira intervenção pública na Assembleia de Freguesia que se realizou no dia 25 de março, no salão da Junta. Num registo ao qual não falou emoção, Carla Benedito referiu-se ao anterior presidente João Carlos Correia, enaltecendo o seu trabalho e lembrando que o acompanhou diariamente ao longo dos últimos dois anos, pelo que se sente preparada para esta missão, desafio e “tarefa difícil substituir o João Carlos”.

Na Assembleia de Freguesia, o seu presidente, Paulo Monteiro Pinto, explicou aos presentes o processo de substituição do presidente e dirigiu a eleição de um membro da Assembleia de Freguesia para o Executivo da Junta, tendo sido proposto e aprovado por unanimidade (com os votos da CDU e do PSD), a eleita pela CDU, Carla Cruz. De notar que o eleito pelo PS, Pedro Cabrita, não esteve presente nesta assembleia nem se fez substituir.
Para substituir o membro Carla Cruz na Assembleia de Freguesia foi nomeado André Guerreiro, também eleito pela CDU e que estava ausente, por motivos profissionais.
No final da Assembleia, Paulo Monteiro Pinto lançou o repto ao público presente para que continuasse a participar nestas reuniões, bem como aos restantes messinenses, de forma a “partilhar opiniões e a participar nas decisões”.

Paulo Monteiro Pinto, presidente da Assembleia de Freguesia de Messines apelou à participação

 

João Carlos Correia com mandato suspenso

A suspensão do mandato de João Carlos Correia foi anunciada oficialmente pela Junta de Freguesia de S. Bartolomeu de Messines, no dia 13 de março. Em comunicado, esta autarquia anunciava apenas que o presidente em exercício seria substituído por Carla Benedito, até então secretária do executivo eleito.
No entanto, essa notícia já fora divulgada pelo jornal Terra Ruiva que confirmara junto de João Carlos Correia os rumores que davam conta da sua saída, que se deve a motivos profissionais. Enquanto funcionário dos CTT há mais de duas décadas, João Carlos Correia, que estava a cerca de dois anos de concluir o seu último mandato, viu o regresso ao antigo posto de trabalho colocado em causa, uma situação agravada com as muitas alterações que esta empresa tem sofrido após a sua privatização.

Essa situação foi também confirmada pela Comissão Concelhia de Silves do PCP que em comunicado, afirma: “Após mais de 9 anos na condição de Presidente da Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines, João Carlos Correia, em articulação com o seu partido o PCP, decidiu da suspensão do mandato por motivos que se relacionam exclusivamente com o regresso ao seu posto de trabalho nos CTT no final do mês de março.”
O PCP sublinha “o destacado papel que João Carlos Correia tem tido à frente da Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines, com um trabalho de grande proximidade com as populações, de resolução dos problemas da freguesia, de valorização das coletividades e do movimento associativo, de dinamização da luta pela defesa de melhores condições de vida e de melhores serviços públicos, de defesa dos interesses dos trabalhadores e das populações da freguesia” e sublinha “o papel extraordinário desenvolvido pelo camarada João Carlos na sua freguesia e que se integra e valoriza toda a obra da CDU no concelho, confirmando a natureza da intervenção dos eleitos da CDU, assente no trabalho, na honestidade e na competência.”

Sobre a nova presidente, adianta o PCP que Carla Viegas Benedito tem 44 anos, é residente na freguesia e é uma independente eleita nas listas da CDU. Ligada durante muitos anos à Casa do Povo de Messines, era atualmente trabalhadora da Câmara Municipal de Silves.
“A sua capacidade de trabalho, o seu compromisso com o projeto da CDU, a sua integração no trabalho coletivo, a sua ligação à população de Messines, são elementos que dão todas as garantias para que a CDU continue a desenvolver a sua intervenção em Messines com o reconhecimento que tem sido expresso nos sucessivos resultados eleitorais”, conclui o comunicado.

Veja Também

Ciclo de Cinema ao Ar Livre percorre o concelho de Silves

Um Ciclo de Cinema ao Ar Livre volta a percorrer as freguesias do concelho de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *