Home / Vida / Pessoas / Silves integra Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica

Silves integra Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica

O Município de Silves foi um dos que assinou “dois protocolos da nova geração para a  Territorialização da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica”.

Assinatura do protocolo (Foto CIG)

A cerimónia decorreu no dia 5 de abril, em Faro, na CCDR Algarve, contando com a presença da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva.

Estes protocolos, que foram assinados por todos os municípios do Algarve e também um do Alentejo (Odemira), envolvem  “mais de setenta entidades parceiras de diferentes áreas governamentais: cidadania e igualdade, educação, emprego, forças de segurança, justiça, reinserção social, saúde e segurança social. Assim, todo o território do Algarve passa a ter respostas de atendimento especializado a vítimas de violência contra as mulheres e violência doméstica”, informa a CCDR Algarve.

De referir que, segundo a ministra afirmou na ocasião, no distrito de Faro as forças de segurança registaram, no ano passado, um total de 1.406 participações, o que representa uma média de quatro por dia.

Esta nova geração de Protocolos de Territorialização, iniciativa da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, integra a Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação – Portugal Mais Igual, chega ao Algarve com a criação de três Gabinetes de Apoio às Vítimas, decorrentes deste compromisso e cujas ONG coordenadoras são a APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima e TAIPA – Organização Cooperativa para o Desenvolvimento Integrado e envolvem um investimento de 268.000 euros, assegurados pelo Governo e municípios.

Além da criação dos três centros de atendimento às vítimas,  está também prevista a implementação de um modelo de itinerância que levará  as equipas aos locais mais próximos de cada centro, cobrindo assim todo o território do Algarve.

De destacar ainda, enquanto entidades outorgantes, as CPCJ locais, as Federações de Bombeiros do Algarve e de Beja e as Universidades do Algarve e de Évora.

 

 

Veja Também

Homenagem a Teodomiro Neto com descerramento de placa toponímica

A Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines promove uma homenagem ao Prof. Dr. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *