Home / Sociedade / Política / Almoço em Silves comemorativo dos 98 anos do PCP

Almoço em Silves comemorativo dos 98 anos do PCP

O PCP organiza, no dia 17 de março, um almoço comemorativo dos 98 anos de vida deste partido. Esta iniciativa irá decorrer na Fissul, em Silves, a partir das 13 horas.

Esta é apenas uma das iniciativas que estão previstas para todos os concelhos do Algarve, com as quais “honrando a sua história e com os olhos postos no futuro”, o PCP vai assinalar o seu 98º aniversário que se assinalou no passado dia 6 de março. 

Foram “98 anos de vida e luta sempre em defesa dos interesses e aspirações dos trabalhadores, do Povo e do País. A história e o percurso do PCP falam por si. Uma intervenção que foi determinante para resistir e derrotar o fascismo em Portugal, para as profundas transformações democráticas alcançadas com a Revolução de Abril, para combater a política de direita ao longo das últimas décadas, para derrotar o Governo PSD/CDS e abrir caminho a uma nova fase na vida política nacional, para afirmar e projectar uma política alternativa para o País, uma política patriótica e de esquerda. O PCP assume-se, em coerência com os seus 98 anos de existência, como uma força necessária e insubstituível, na luta pela Democracia e o Socialismo, na na luta por um Portugal com futuro”, afirma o PCP.

E acrescenta que “Assim foi e assim é também no Algarve, com o PCP a intervir diariamente nos 16 concelhos da região. Lutando pela melhoria dos salários e dos direitos dos trabalhadores, pela diversificação da actividade económica e a promoção da produção regional, pela melhoria dos serviços públicos e reforço do investimento na região, pelo assegurar dos direitos à saúde, à educação, à habitação, aos transportes, à cultura, à justiça.”

Neste contexto, até ao final do mês de março, o PCP realizará diversas “iniciativas, que contarão com a intervenção política de vários dirigentes e eleitos do PCP, estarão os problemas dos trabalhadores e das populações da região, os avanços que foram alcançados nos últimos anos por iniciativa do PCP, a afirmação dos eixos centrais da política patriótica e de esquerda de que o País precisa, assim como, as exigentes batalhas eleitorais que se irão travar, quer para o Parlamento Europeu quer para a Assembleia da República, onde o reforço da CDU, com mais votos e mais deputados, constitui a principal garantia para impedir retrocessos e garantir os avanços que o Povo português precisa.”

 

Veja Também

Concurso de Música Moderna com inscrições abertas

Ate ao dia 24 de março estão abertas as inscrições para participação no MÚSICA JA! …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *