Home / Vida / Psicologia / Recomeçar

Recomeçar

Caros leitores, antes de mais… Feliz Ano Novo!
Em cada ano que começa, renovam-se sonhos, esperanças, desejos, … acredita-se que tudo vai ser diferente. Ser otimista, ser positivo, transforma-nos para melhor, leva-nos a uma maior atenção para connosco próprios e para com o que nos rodeia. Este focus gera relações e interações mais positivas e consequentemente maior bem-estar físico e emocional e uma maior satisfação com a vida.

Olhar para o novo ano com otimismo, implica aprender com o correu menos bem e ser grato pelo que se conquistou, ser grato pelo que se recebeu, ser grato pela vida.

Promova uma viagem ao interior de si próprio e defina qual o seu ponto de partida neste novo ano e crie uma visão do ponto onde quer chegar; perceba o que lhe limita ou bloqueia o caminho; perceba o que o motiva. A mudança acontece quando começamos por fazer o que está exclusivamente nas nossas mãos, quando escolhemos a atitude que queremos ter perante a vida, desafiando crenças, afinando valores pessoais, percebendo os problemas, mas focando nas soluções. Agir depende de nós, podemos não conseguir fazer ou mudar tudo, mas podemos sempre fazer e mudar o que está exclusivamente nas nossas mãos.

Temos um novo ano, inteirinho ao dispor, para fazer dele o que quisermos. Podemos optar por lamentar o que perdemos ou investir no que podemos conquistar; podemos optar por chorar e ficar assustado ou sorrir ao enfrentar cada novo desafio; podemos optar por amargar a vida ou adoça-la; podemos aprender com os erros ou repeti-los; podemos escolher sempre a mesma estrada ou experimentar novos caminhos; podemos parar ou seguir em frente. A nossa atitude perante a vida define as escolhas que fazemos e essas, para o bem ou para o mal, a cada um pertencem.

Assim, que neste novo ano, o sonho se concretize, o amor aconteça e a esperança se renove; que a vida se pinte de todas as cores e a alegria seja rainha; que a música emocione e nos faça cantar em cada instante; que as pequenas coisas da vida se transformem no bem maior; que a amizade possa unir e gerar cumplicidades; que os bons relacionamentos com a família, amigos, comunidade, possam ganham um novo significado, pois são os bons relacionamentos que nos mantêm felizes e saudáveis. Escolhamos para a nossa vida, pessoas que amam e se entregam, pessoas que falam e escutam, que beijam e abraçam, que nem sempre têm a solução, mas que estão lá e nos dão a mão quando é preciso e nos ajudam a não desistir e a ser em cada dia uma melhor pessoa. Possamos ter, e ser essa pessoa na vida de alguém, construindo um Ano 2019 pleno de sentido.

Não há tempo, tão curta é a vida, para discussões banais, desculpas, amarguras, tirar satisfações. Só há tempo para amar, e mesmo para isso, é só um instante.”
Mark Twain

Veja Também

Roberto Gomes, Ilustrador e game designer expõe “Mar de Aral”

“Mar de Aral”, livro lançado recentemente no XV Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *