Home / Vida / Pessoas / Mural de reconhecimento aos Bombeiros de Silves

Mural de reconhecimento aos Bombeiros de Silves

Um enorme mural pintado na Casa-Escola dos Bombeiros Voluntários de Silves presta homenagem “aos Bombeiros de todo o País, em especial aos de Silves, na sequência do grande incêndio que fustigou o nosso concelho este verão passado”.
Esta obra foi feita nas últimas semanas pelo graffiter Dgiphi. Asur, suscitando muita curiosidade e interesse, estando agora concluída.

“Este verão de 2018 ficou marcado pelo forte incêndio que fustigou o concelho de Silves, obrigando a elevados esforços dos bombeiros, respetivas famílias bem como de muitos civis que voluntariamente nos apoiaram e ajudaram.
A Direção e o Comando dos Bombeiros de Silves, com esta imagem apresentam o mais elevado reconhecimento a todos os bombeiros portugueses, especialmente aos de Silves, e também a todos os colaboradores, que na retaguarda dão importantes contributos para o cumprimento da nossa missão”, lê-se na nota publicada pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Silves.

No seu documento agradece ainda “às Tintas 2000 que prontamente se mostraram disponíveis em oferecer todas as tintas necessárias para esta grandiosa imagem feita na nossa torre, cuja a autoria foi do Graffiter Dgiphi.Asur” e “a todos aqueles que diretamente e indiretamente contribuíram para a concretização desta nossa homenagem.”

Veja Também

Horóscopo Semanal, por Maria Helena Martins

Horóscopo Semanal Carneiro Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 31 Carta Dominante: Ás de …

Um Comentário

  1. Boa noite,
    Assisti bem de perto à resistência de alguns bombeiros neste incêndio.
    Podia fazer uma serie de questões, nomeadamente aos bombeiros, penso nem os mesmos desejam responder.
    Como tal, fica a ideia de que há certas politicas nacionais que não devo envolver-me muito.
    “Fico queimada.”
    Quanto à pintura gosto. A publicidade eliminava.
    Concluo, sugerindo pinturas alusivas a outras profissões de mérito. A cor encanta a vista.
    Os artistas têm de se expandir nem que por paredes seja…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *