Home / Vida / Psicologia / Livro da Vida… Episódio VIII e IX – Descanso e sono

Livro da Vida… Episódio VIII e IX – Descanso e sono

Falámos na última edição de equilíbrio emocional e físico, e ele está diretamente ligado à necessidade de descanso. Por isso mesmo, em agosto, o nosso episódio VIII do nosso capítulo 2018, foi mês de pausa, até para o nosso Terra Ruiva.

A saúde e a qualidade de vida assentam em três pilares principais: exercício físico regular, alimentação equilibrada e descanso. Negligenciamos muitas vezes o descanso, esquecendo que o nosso corpo e a nossa mente não são uma fonte inesgotável de energia. Parar, recarregar as baterias, recuperar energia para um novo período é fundamental para um funcionamento equilibrado, prevenindo a exaustão, que muitas vezes bate à porta, causando efeitos devastadores quer a nível físico, quer mental. Uma vida saudável implica descanso e horas de sono de qualidade.

Este pilar fundamental deve ser alvo do nosso cuidado desde tenra idade. O impacto das alterações do ciclo de sono-vigília, sobre a vida do individuo, é enorme, influenciando a saúde, pois o sono é muitas vezes curto e fora de horas. O ritmo de vida quotidiano, os turnos, a utilização de novas tecnologias como forma de comunicação, são alguns dos problemas que afetam a qualidade do sono. Estudos realizados mostram que o Wi-Fi ligado afeta a qualidade do sono, levando a que o cérebro esteja sempre a ser “despertado”, a cada notificação que entra, devido à alteração constante da luminosidade, pelo que deve ser desligado enquanto se dorme. Vários estudos apontam para o facto de os nossos estudantes apresentarem uma sonolência excessiva, estando isto diretamente relacionado com o seu sucesso escolar. Com o início do ano escolar a aproximar-se, o estabelecimento de rotinas de higiene do sono é um dos fatores imprescindíveis na preparação do mesmo. Verifica-se ainda uma relação direta entre a falta de sono de qualidade e a redução da eficácia de alguns processos como a atenção, a memória e a aprendizagens de novas competências e conteúdos.

A qualidade do descanso e do sono, está também diretamente relacionadas com a existência de outros problemas de saúde como o aumento do risco cardiovascular, a obesidade, a diabetes, a depressão, a ansiedade, as doenças do sono, entre outros problemas de saúde. Esta situação leva ainda a um aumento do consumo de antidepressivos, ansiolíticos e hipnóticos. A fadiga é nos nossos dias uma queixa comum e, mesmo não sofrendo de nenhuma doença específica, a falta de descanso reduz a qualidade do desempenho e das relações, tornando o dia mais difícil.

O que pode então ser feito? Em primeiro lugar, cuidar de si mesmo e mudar de atitude. A tomada de consciência sobre o que faz de menos bom a este nível e a mudança de atitude, permitirá uma melhor qualidade de vida. Assim, evite os computadores e telemóveis antes de ir dormir, desligue o Wi-Fi, respeite os ciclos de sono (dormir 8h a partir das 22h não é o mesmo que a partir das 24h ou mais tarde); durma o suficiente (pelo menos 8h/dia). O descanso e o sono são vitais para todos!

“Tempo livre não significa repouso. O repouso, como o sono, é obrigatório.
O verdadeiro tempo livre é apenas a liberdade de fazermos o que queremos, mas não de permanecermos no ócio.”
(George Bernard Shaw)

 

Veja Também

Voluntários para prevenção de violência no namoro

O Instituto Português do Desportoe Juventude – IPDJ tem abertas inscrições para voluntários/as integrarem aBolsa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *