Home / Sociedade / Cultura / Jornadas Europeias do Património em Silves

Jornadas Europeias do Património em Silves

Uma caldeirada feita por pescadores, em Armação de Pêra; um workshop à volta de chocolate, em São Bartolomeu de Messines; ou uma conferência sobre a Sé de Silves, que promete revelar novos dados sobre este monumento, são algumas das propostas para a comemoração das Jornadas Europeias do Património.

Sob o mote “Partilha de Memórias”, a Câmara Municipal de Silves volta a associar-se às Jornadas Europeias do Património através da dinamização de um programa especial que decorrerá de 28 a 30 de setembro e que contemplará visitas, ateliês, jogos, workshops e palestras. As atividades a desenvolver, segundo a autarquia, são as seguintes:

No dia 28 de setembro, entre as 10h00 e as 12h00, no largo do Poço da Câmara, seniores partilharão memórias lúdicas de infância nos “jogos com memória: da cabra-cega ao pião com os nossos avós”. Jogo da corda, lencinho, pião, elástico e saco são alguns dos jogos que irão ser relembrados nesta manhã.
“Do moinho à mancala e ao soldado” são outros dos jogos de memória previstos, desta feita, para a tarde deste dia, e que decorrerá entre as 14h00 e as 16h00 no Museu Municipal de Arqueologia.

No dia 29 de setembro estarão em evidência novas memórias. “Memórias Moldadas: esgrafitando padrões” é a primeira destas atividades e que se traduz num workshop onde se replicarão os padrões em uso nas casas palatinas da Xilb islâmica utilizando substâncias e técnicas de então. A iniciativa terá lugar entre as 9h30 e as 12h30, no Museu Municipal de Arqueologia de Silves e é dirigida às famílias (máximo de 20 pessoas), requerendo inscrição prévia.

À hora de almoço haverá “Memórias com Tempero: em volta de uma caldeirada”, com a preparação de uma caldeirada à moda de Armação de Pêra, pelos pescadores locais, num ambiente descontraído onde se contam histórias de vida e de temperos. A ação decorrerá das 11h00 às 14h00, na Praia dos Barcos – Armação de Pera e é dirigida ao público em geral (máximo de 50 participantes). A participação nesta atividade, que conta com o apoio da Associação de Pescadores de Armação de Pêra, está sujeita a inscrição prévia.
A tarde prosseguirá com um workshop onde se contará um pouco da história do azulejo e se transmitirão técnicas decorativas e de acabamento que lhe estão associadas, permitindo a cada participante decorar o seu próprio azulejo. Esta ação decorrerá no Museu do Traje e das Tradições de SB Messines, das 15h00 às 17h00, requerendo inscrição prévia.

As atividades deste dia terminarão com a palestra “Memórias de Baco: a produção vitivinícola na região de Silves da Antiguidade à Idade Média”, por João Pedro Bernardes e Luís Oliveira, da Universidade do Algarve, acompanhada de provas de vinhos apresentados por produtores locais. A ação terá lugar no Castelo de Silves, pelas 18h00, e conta com o apoio da Universidade do Algarve e dos produtores locais de vinho.

O programa das Jornadas Europeias do Património terminará no dia 30 de setembro com mais três atividades “com memória”.

Assim, entre as 10h00 e as 13h00, serão promovidas visitas a edifícios e sítios arqueológicos, alguns dos quais habitualmente fechados, e conversas sobre a sua história. As ruínas arqueológicas da Biblioteca Municipal de Silves, o Átrio do Edifício das Casas Grandes, Quinta de Mata Mouros e Capela das Artes são os locais a visitar nesta atividade dirigida ao público em geral (limitada a 50 pessoas). Apesar de gratuita a participação requer inscrição prévia.

Da parte da tarde, haverá “Memórias de Chocolate: da história à degustação”, num workshop onde, para além da história, irão partilhar-se as técnicas de transformação com todos os que apreciam um bom chocolate. Esta ação, que decorrerá das 15h00 às 17h00 na Casa Museu João de Deus (SB Messines), é dirigida ao público em geral (a partir dos 15 anos), sendo limitada a 16 pessoas e sujeita a inscrição prévia.

As Jornadas terminarão com uma palestra proferida por Gonçalo Melo da Silva (IEM, Universidade Nova de Lisboa) intitulada “Uma Memória desconhecida. A Sé e o Cabido de Silves nos primeiros tempos” e que resulta de trabalhos recentes que trouxeram à luz do dia documentos sobre os primeiros tempos da Sé de Silves e do seu Cabido e que permitiram ao investigador obter novos dados que partilhará neste final de tarde. A ação terá início pelas 17h30 e decorrerá na Sé de Silves.

Relembramos que as Jornadas Europeias do Património são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia, que envolve cerca de meia centena de países, e visam a sensibilização dos cidadãos europeus para a importância da salvaguarda do Património. A nível nacional este evento é coordenado pela DGPC, que também define o tema anual, e conta com a participação várias centenas de entidades públicas e privadas, contemplando a realização de um sem número de atividades, acessíveis gratuitamente ao público, na sua grande maioria. Nesta edição a “Partilhas de Memórias” é o tema central, entendida pela DGPC, “como fator de cidadania, de dignidade e de democracia”.

O telefone 282 440 854 e o email patrimóniocultural@cm-silves.pt são os contactos do sector de Património Cultural da Câmara Municipal de Silves para fornecimento de informações adicionais e inscrição nas atividades.

Todas as atividades são gratuitas.

Veja Também

Gala Sénior em Messines

A 2ª Edição da Gala Sénior de Natal terá lugar no dia 15 de dezembro, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *