Home / Sociedade / História & Património / Percurso “A arte do latoeiro”, em Messines

Percurso “A arte do latoeiro”, em Messines

Começa no Museu do Traje, à entrada da vila de São Bartolomeu de Messines, segue em direção ao centro histórico, serpenteia nas “ruas de cima” e termina no Largo João de Deus, na casa onde nasceu o poeta/pedagogo.
Este é o traçado do Percurso “A Arte do Latoeiro” que nos leva a descobrir, suspensas em vários edifícios da vila, as peças de latoaria que foram efetuadas pelos artesãos que frequentaram o curso de latoaria que decorreu em São Bartolomeu de Messines, com o propósito de reativar uma arte e ofício que se encontrava praticamente extinta no Algarve.

Na inauguração, a presidente da Câmara, Rosa Palma, o presidente da Junta de Messines, João Carlos Correia e o responsável da Proactivetur, João Ministro

No dia 24 de agosto, foi inaugurado o percurso que presta também uma homenagem ao último latoeiro de Messines, Raul Nascimento, que doou à Câmara Municipal de Silves as ferramentas e maquinaria usadas no seu ofício durante 40 anos, e com as quais se formou o grupo de novos latoeiros.

À porta da oficina do “senhor Raul”, Alexandra Santos, a coordenadora do projeto, e Carlos Branco, filho do último latoeiro de Messines, com familiares

Numa primeira fase, a formação decorreu de março a dezembro de 2017, tendo dado origem a quatro novos latoeiros, que têm agora estado a reforçar os conhecimentos e a prática, através do ensino, com um mestre, numa oficina instalada na casa onde nasceu João de Deus, propriedade da Câmara Municipal de Silves.
O objetivo desta formação é o de recuperar a arte da latoaria, que no passado estava presente em muitos objetos do quotidiano, como as almotolias para servir o azeite, cântaros e potes, baldes e regadores, candeias e lamparinas, mas também de capacitar os novos latoeiros para a conceção e construção de novas peças, reinventadas.

O grupo Flores do Campo animou o desfile que saiu do Museu do Traje
A classe de ginástica da Casa do Povo de Messines, presente em muitos dos pontos do percurso

As ruas que compõem o percurso pedestre, de pouco mais do que um quilómetro, são: Rua do Arco, Travessa do Norte, Rua do Penedo, Rua de Cima, Largo João de Deus, Rua da Fábrica, Rua do Forno, Rua da Igreja.
Recorde-se que todo este trabalho de recuperação da arte de latoaria em São Bartolomeu de Messines, é promovido pela Proactivetur, no âmbito do Projeto TASA, em parceria com a Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines e Câmara Municipal de Silves, com o apoio do “Programa Tradições” da EDP.

Almotolia dos Ventos

Veja Também

Casa Museu João de Deus promove sessão de poesia mediativa e hora do conto

No âmbito da sua programação regular, a Casa Museu João de Deus (CMJD) apresenta, durante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *