Home / Sociedade / Cultura / “Sábados ao Largo”, em Messines, nos meses de agosto e setembro

“Sábados ao Largo”, em Messines, nos meses de agosto e setembro

Os “Sábados ao Largo” são a nova programação cultural que animará o centro histórico de São Bartolomeu de Messines, nos meses de agosto e setembro, aos sábados de manhã.
“Com lugar marcado no Largo João de Deus, defronte para a casa onde o Poeta nasceu e onde se diz que a criatividade se serve em doses generosas, os “Sábados ao Largo” propõem uma viagem pela nossa cultura a partir de diferentes temas, técnicas, saberes, materiais e ferramentas”. Inspiradas no património local, as atividades ao ar livre prometem “dar destaque à zona histórica da vila através de oficinas criativas, passeios, aventuras pela vila, expositores de produtos locais e outras surpresas.”

A ideia dos “Sábados ao Largo” é a «de celebrar e dar a conhecer o património material e imaterial de São Bartolomeu de Messines, diversificando a oferta cultural no interior. As atividades convidam ao prazer de aprender, fazer e de nos divertirmos em conjunto, aliando saberes, sabores e boa-disposição. São um estimulante desafio para famílias, exploradores e curiosos de todas as idades, mas também um contributo positivo para a comunidade, revendo-se num contexto criativo e inovador», explica Patrícia de Jesus Palma, a Curadora desta iniciativa que é promovida pela Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines. A organização é do Lugar Comum e integra a programação do Ano Europeu do Património Cultural 2018: uma proposta diferente para redescobrir uma vila do barrocal algarvio.

Os “Sábados ao Largo” decorrem de 4 de agosto a 8 de setembro, das 10h às 12 horas, a partir do Largo João de Deus.

As inscrições são gratuitas mas obrigatórias, através dos seguintes contactos: telem.: 96 69 46 443; email: lugarcomum.cultura@gmail.com

 

 

PROGRAMAÇÃO “SÁBADOS AO LARGO”

Dia 4 de agosto – OFICINA WORKSHOP
10:00-12:00 – À Descoberta do Azulejo
Vindo do árabe ‘azzelij’, o azulejo é um dos ex-libris da cultura portuguesa mais apreciados e divulgados no mundo. Nesta oficina, vamos aprender e explorar as potencialidades criativas do azulejo com temas e técnicas tradicionais.
Crianças e adultos / Mín. 6
Concepção e orientação: Lília Lopes / Atelier DoisLL
EXPOSITORES/ EXHIBITORS
Produção de mel : Apicultor – José António L. Guerreiro

Dia 11 de agosto- PASSEIO-OFICINA WALK-WORKSHOP
10:00-12:00 – As Tintas da Terra
E se te apresentassem o grés? O que farias com ele? Este é um passeio-oficina que te levará a preparar e a aplicar tintas artesanais à base de terra numa pintura, inspirada em motivos decorativos presentes na arquitetura da vila. No final levarás contigo uma ligação a São Bartolomeu de Messines que não esquecerás!
Crianças e adultos Mín. 6 – Máx. 12
Concepção e orientação: Susana Calado Martins, Barroca: produtos culturais e turísticos EXPOSITORES / EXHIBITORS: Produção de Vinhos Algarve – Herdade Barranco do Vale

Dia 18 de agosto – OFICINA WORKSHOP
10:00-12:00 –  Oficina do Explorador
O meu 1.º diário de campo Para ser um bom explorador do mundo e das comunidades humanas, há que aprender a observar, a ouvir e a registar todas as descobertas. Esta é uma oficina de antropologia para crianças que as desafiará a criar o seu primeiro “diário de campo” para os acompanhar em todos os dias das suas divertidas férias.
Crianças 6-12 anos Mín. 4 – Máx. 12 (criança+adulto)
Conceção e orientação: Sónia Tomé, Antropóloga
EXPOSITORES / EXHIBITORS: Artesão de Palma – José Teresa

Dia 25 de agosto – PEDDY-PAPER
10:00-12:00 –  Uma Aventura em Messines
E se a vila de São Bartolomeu de Messines, de repente, se tornar num museu ao ar livre? Que tesouros guardará? Reúne a tua equipa (mín. 2, máx. 6 pessoas) e vem divertir-te, testando a tua capacidade de observação, conhecimentos e resistência. É o nosso património: é a patrimania!
Crianças e adultos Mín. 2 equipas
Conceção e orientação: Patrícia de Jesus Palma, Investigadora EXPOSITORES EXHIBITORS: Sabores e saberes

Dia 1 de setembro – OFICINA WORKSHOP
10:00-12:00 –  Oficina de Latoaria
Medir, cortar e bater são algumas das tarefas do latoeiro para moldar a chapa e transformá-la em objetos. A arte da latoaria está a renascer em S. B. de Messines e esta será uma boa oportunidade para vir experimentar este ofício tradicional, descobrir para que serve a bigorna, aprender a trabalhar na fieira e levar consigo um objeto simples, mas confecionado com as suas mãos.
Crianças e adultos Máx. 5
Concepção e orientação: Túlio Martins
EXPOSITORES EXHIBITORS: A arte do latoeiro

Dia 8 de setembro – OFICINA WORKSHOP
10:00-12:00 – De volta à terra Ciência ao ar livre
Sabes quem é a Pistacia lentiscus? E a Ceratonia siliqua que está no teu gelado? Conheces a sua família? De onde veio o Zea mays com que fazemos as pipocas? Há quanto tempo está a Citrus sinensis connosco? O Lycopersicon esculentum é legume ou fruta? Explora a identidade e as histórias de algumas plantas locais e de outras trazidas de terras longínquas. Numa oficina que junta Arte e Ciência vais criar um herbário fóssil: uma coleção de impressões de folhas, de caules e de sementes no solo onde fixa as suas raízes.
Crianças e adultos Mín. 6 – Máx. 12
Concepção e orientação: Hélder Ferreira, Comunicador de Ciência – CCVL Centro de Ciência Viva de Lagos

Veja Também

Palestra sobre a Importância da Água, na Biblioteca de Silves

Uma palestra sobre a Importância da água, destinada aos alunos do 3º ciclo e secundário, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *