Home / Vida / Psicologia / Livro da Vida, Episódio VII – Emoções e Sentimentos

Livro da Vida, Episódio VII – Emoções e Sentimentos

Com a chegada do verão as emoções agradáveis ganham mais força, como se o calor do sol lhes desse uma nova energia. A emoção é uma resposta do nosso organismo diante de um estímulo externo. São as emoções que permitem que uma pessoa reaja de uma determinada forma diante de algum acontecimento, de maneira muito pessoal, pois elas podem ser sentidas de formas diferentes por cada pessoa. As emoções são a base do comportamento humano, por isso cuidar bem do nosso estado emocional é o princípio básico para que cada episódio da nossa vida seja maioritariamente equilibrado.

A etimologia da palavra emoção indica que ela tem origem no latim, na palavra ex movere, que significa “mover para fora” ou “afastar-se”. Esse significado demonstra a reação natural às emoções. As emoções são reflexos naturais diante de acontecimentos, são uma resposta física ou química comandada pelo cérebro humano. Já os sentimentos são uma consequência das emoções e são sentidos por cada pessoa de acordo com a sua experiência, personalidade, cultura e criação. Os sentimentos podem ser definidos como a observação das emoções e das reações provocadas por elas.

Como refere Marilene Cabello di Flora num seu estudo “… Promover a saúde equivale a condenar todas as formas de conduta que violentam o corpo, o sentimento e a razão humana gerando, consequentemente, a servidão, a perda da liberdade e a cristalização da angústia.”

As emoções podem ser agradáveis ou desagradáveis mas são todas adaptativas, isto é, orientam-nos na nossa relação com o mundo. As emoções mais desagradáveis também fazem parte da vida, não é a sua existência que é o problema, mas sim a relação que o individuo estabelece com o que a rodeia. Cultivar uma vida saudável, significa saber lidar com as emoções e potencializar a capacidade de gerar força para lutar, de focar na solução e não no problema. Quando deixamos que a nossa mente seja dominada por emoções desagradáveis, estas geram dificuldades na relação do individuo com o que o rodeia, permitindo que o sofrimento e a dificuldade de reação se instalem. Este é o caminho para a depressão.
As necessidades fundamentais ao desenvolvimento do homem, no sentido de alcançar a plenitude da saúde humana, são: o pensar, o agir, o imaginar e o amor. Por isso, a promoção da saúde passa por cuidar da saúde física e mental, cuidando das emoções que estão na base do comportamento. Em quase todas as doenças, encontram-se relações curiosas entre o que se passa na mente e a evolução da doença física.

Quando perdemos o contato com os nossos sentimentos e emoções, perdemos o contato com nossas qualidades mais humanas, logo perdemos saúde. Compreender os propósitos e as funções das emoções, pode ajudar-nos a entender como podemos ter “saúde” emocional e como mantê-la ou recuperá-la.

“Inteligência emocional não é segurar as emoções; é usar a razão e sentir a emoção.(Valeska Viana)

Veja Também

Horóscopo Semanal, por Maria Helena Martins

Horóscopo Semanal Carneiro Horóscopo Diário Ligue já! 760 10 77 31 Carta Dominante: Ás de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *