Home / Vida / Saúde & Bem Estar / GNR dá formação para detentores de cães perigosos e regista maus tratos a animais

GNR dá formação para detentores de cães perigosos e regista maus tratos a animais

A Guarda Nacional Republicana, ao longo do ano de 2017, realizou várias ações de sensibilização e fiscalização, no âmbito dos animais de companhia, com o objetivo de consciencializar as pessoas para a defesa da saúde pública, assim como, para a adequada responsabilização do detentor face à necessidade da salvaguarda dos parâmetros sanitários e de bem-estar animal, privilegiando as situações de abandono e maus tratos.

Neste âmbito, “a GNR registou 924 crimes, dos quais 588 por maus tratos a animais de companhia e 336 por abandono, 4 784 contraordenações relacionadas com o controlo das regras de circulação na via pública, a obrigatoriedade de vacinação, o registo e identificação, sendo que 444 dizem respeito a cães perigosos ou potencialmente perigosos. No que se refere a ataques de canídeos a pessoas, no ano transato foram reportados à GNR 257 casos”.

Informa ainda a GNR qyue dispõe de uma linha de apoio, a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520 ou site da GNR), em funcionamento 24 horas por dia, através do qual foram rececionadas 3942 denúncias referentes a animais de companhia.

Abertas inscrições para treinadores de cães

Relativamente a animais perigosos ou potencialmente perigosos, a GNR dá Formação para Detentores de Cães Perigosos e Potencialmente Perigosos e Certificação de Treinadores de Cães Perigosos e Potencialmente Perigosos, encontrando-se abertas as inscrições para as respetivas frequências, cuja informação está disponível no site da GNR, no separador “Cães Perigosos”.

Veja Também

APAV assinala Dia Internacional da Pessoa Idosa lembrando que violência está a aumentar

A APAV associa-se, uma vez mais, à iniciativa anual do Dia Internacional da Pessoa Idosa,  …

Um Comentário

  1. BOA TARDE
    VIVO EM TUNES HÁ CERCA DE 8 ANOS, ANTES VIVI EM LISBOA.
    HOJE VERIFIQUEI QUE FORAM COLOCADOS VÁRIOS POSTES DESTINADOS A SACOS PARA RECOLHER OS DEJETOS DE ANIMAIS DOS PASSEIOS. REALMENTE EU JÁ O FAZIA PERANTE O OLHAR ESTRANHO DE OUTRAS PESSOAS. PRECISÁVAMOS MESMO DE UMA SOLUÇÃO QUE FOI ACOMPANHADA DE EXPLICAÇÃO A UM GRUPO DE PESSOAS COM SEUS CÃES À TRELA. (ÀS VEZES CIRCULAM SÓS PELAS RUAS). ORA, PERANTE ISTO, VINHA TAMBÉM SUGERIR QUE FOSSE FEITO ALGO SEMELHANTE EM RELAÇÃO À ESTERILIZAÇÃO E ABANDONO DE ANIMAIS. ENTRE O FINAL DO ANO ANTERIOR E ESTE ANO, JÁ RESGATEI 6 CACHORROS DE MESES EM SACOS E CAIXOTES JUNTO AO LIXO E UMA GATA DOM UMA NINHADA DE 5 FILHOTES. FELIZMENTE CONSEGUI UMA ASSOCIAÇÃO DE INGLESES QUE CONSEGUIU ENCAMINHÁ-LOS. NÃO SOU LAMECHA COM OS MEUS ANIMAIS, MAS RESPEITO-OS E ASSEGURO O SEU BEM ESTAR E SAÚDE.
    UMA SENSIBILIZAÇÃO ASSÍDUA SOB QUALQUER FORMA SERIA ÚTIL PARA ALÉM DE ESTERILIZAÇÕES A UM CUSTO TECENTE.
    É DE TER EM CONTA QUE POR AQUI HAVIA MUITOS CAÇADORES E NÓS SABEMOS COMO A MAIORIA TRATA OS ANIMAIS PARA ALÉM DE OS ABANDONAR NO FIMAL DA ÉPOCA. A MENTALIDADE, COMO ESTUDEI EM HISTÓRIA É UMA ESTRUTURA DIFICIL DE MOLDAR. SENDO O ALGARVE UMA REGIÃO TURISTICA E JÁ COM RESIDENTES DE VÁRIOS PAÍSES, ATÉ AQUI NO INTERIOR, (VIVEM 2 FAMILIAS DE LESTE NO MEU PRÉDIO), DEVEMOS EVOLUIR EM TODOS OS SENTIDOS. NÃO SÓ NO TER MAS SOBRETUDO NO SER. A IMAGEM DE ANIMAIS MALTRATADOS E ABANDONADOS PELAS RUAS É UMA IMAGEM DE ATRASO. MATA-LOS NOS CANIS É MANTER UMA POPULAÇÃO ATRASADA E DESRESPONSABILZADA, O QUE FAZ COM QUE NÃO EVOLUAM NO MELHOR SENTIDO, NÃO NO SENTIDO DE NOVORRIQUISMO COMO O QUE SE PASSA ATUALMENTE.
    ANTECIPADAMENTE GRATA PELA ATENÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *