Home / Sociedade / Política / PCP promove jornada em defesa do controle público dos CTT

PCP promove jornada em defesa do controle público dos CTT

O PCP irá promover no dia 8 de fevereiro (quinta-feira) uma jornada em defesa dos Correios e pelo controle público dos CTT, com ações em todo a região do Algarve, incluindo em Silves e Messines.

“O PCP que desde sempre manifestou o seu desacordo com a privatização dos CTT, continua a exigir a defesa do serviço público e universal dos Correios, só possível com o controlo público dos CTT”, e esta será a ideia que irá transmitir na jornada de contacto e esclarecimento das populações.
Haverá tribunas públicas em Portimão e em Faro, uma recolha de assinaturas em Loulé, exigindo a reabertura do posto de correios que foi encerrado no mês passado, bem como distribuições de um documento às populações em várias localidades, incluindo Silves e Messines.

 

Segundo o PCP “o Serviço Público e Universal de Correios está a ser destruído”, com a privatização dos CTT, e com a continuação de um “processo criminoso para os interesses nacionais com o encerramento de balcões como já aconteceu em Loulé, com o despedimento de centenas de trabalhadores ou a venda do património da empresa. Os novos donos dos CTT querem transformar os Correios públicos num banco privado, liquidar o serviço postal universal, transferir para as autarquias o custo de uma rede nacional de postos e dedicar-se apenas aos negócios mais rentáveis no sector.

Para as populações ficará um serviço cada vez mais degradado e falível.
Em vez de uma intervenção firme para interromper este processo e avançar no sentido da recuperação do controlo público dos CTT como propõe o PCP, o Governo PS opta pelo silêncio e inação, tornando-se cúmplice da destruição do serviço público e universal dos correios.”

O PCP, ao mesmo tempo que “sublinha a necessidade de se intensificar a luta em defesa dos correios e pelo controlo público dos CTT, com destaque para a greve do sector que está marcada para o próximo dia 23 de Fevereiro, reafirma que continuará a intervir sobre esta matéria, tendo já anunciado que levará novamente à Assembleia da República uma iniciativa legislativa que dê resposta a este problema.”

Veja Também

Festa religiosa em Armação de Pêra

Em Armação de Pêra irá decorrer a Festa em Honra da Nossa Senhora dos Aflitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *