Home / Economia & Emprego / Economia / Metade dos portugueses compra uma prenda para si próprio no Natal

Metade dos portugueses compra uma prenda para si próprio no Natal

Este ano, metade dos portugueses inquiridos pelo mais recente estudo do Observador Cetelem revelou intenção de comprar presentes para si próprio.

Esta é uma tendência que tem vindo a aumentar gradualmente ao longo dos últimos anos: de 26% em 2013, passa para 29% em 2014, 29% em 2015 e 35% em 2016. Este ano situa-se nos 50%, ou seja, metade dos inquiridos.

A prenda mais mais desejada pelos portugueses é vestuário, neste caso, para 34% dos inquiridos no estudo Observador Cetelem Natal 2017. Menção especial também para os perfumes e relógios, produtos desejados por 15% das pessoas, enquanto 12% dos consumidores nacionais gostariam de receber produtos culturais, como livros ou CD’s. Preferidos por 11% dos portugueses, os telemóveis e smartphones encontram-se no top 5 da lista de preferências.

Ao contrário do que se verifica na generalidade do ano e em anos anteriores, em 2017 os produtos e serviços respeitantes a viagens ou lazer são menos pretendidos pelos consumidores, pois apenas 6% dos inquiridos desejam receber uma prenda com esse perfil. Acessórios de moda, packs de lazer, tablet, eletrodomésticos e eletrónica de consumo – como TV, Hi-Fi, Video – completam o top 10 das categorias que os portugueses pretendem comprar.

Este estudo foi desenvolvido em colaboração com a Nielsen, tendo sido realizados 600 inquéritos por telefone, a indivíduos de Portugal continental, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos, entre os dias 23 de setembro a 6 de outubro, e um erro máximo é de 4.0 para um intervalo de confiança de 95%.

Sobre o Cetelem

Cetelem é a marca do Banco BNP Paribas Personal Finance e está presente em Portugal desde 1993. Cartões de crédito, crédito pessoal, soluções automóvel e seguros são os principais produtos comercializados pelo Cetelem e estão disponíveis aos consumidores no site, por telefone e nos estabelecimentos comerciais dos principais players da distribuição especializada em Portugal.

Veja Também

Plano de Pormenor do Ribeiro Meirinho está a avançar

Reforçar a área disponível para a instalação de atividades económicas é o principal objetivo do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *