Home / Algarve / Diocese do Algarve promove formação para wedding planners

Diocese do Algarve promove formação para wedding planners

Uma formação especificamente preparada para dar resposta a algumas necessidades das empresas que organizam casamentos no Algarve é a proposta que a Diocese do Algarve, através da Pastoral do Turismo e em consonância com a Chancelaria Diocesana, dinamizará no dia 19 de dezembro, entre as 10h e as 17h, no Seminário de S. José, em Faro.

«Esta formação destina-se a todas as organizadoras de casamentos (wedding planners) e visa dar a conhecer todos os procedimentos que são necessários para a preparação de um casamento católico, a documentação que é obrigatória, bem como os canais de comunicação a usar para obter as devidas autorizações/documentos. A formação permitirá que possam passar-se informações importantes, nomeadamente no que toca a toda a tramitação que é necessária na organização de um casamento, mas também em relação a questões mais específicas relacionadas com a liturgia e com a forma como as cerimónias católicas de casamento devem decorrer», adianta a Diocese.

«Ao longo dos últimos anos, a importância que têm os casamentos feitos no Algarve por estrangeiros, sobretudo provenientes da Irlanda e de comunidades católicas do Reino Unido, tem vindo a aumentar e temos consciência que essa é uma realidade incontornável», explica o padre Miguel Neto, responsável por esta equipa de trabalho da Diocese.

«Se o número de casamentos deste tipo tem aumentado, consequentemente, a relação existente com as wedding planners também se tem aprofundado, pelo que se tornava importante a realização de uma formação que explique detalhadamente quais os passos a dar na preparação destes casamentos, de modo a garantir uma maior qualidade, disciplina e comunicação no que concerne a este tipo de cerimónias, evitando a realização de erros grosseiros, que podem colocar em risco a validade dos matrimónio de casais estrangeiros, ao mesmo tempo que se facilitam os procedimentos junto do Chanceler da Diocese, garantindo que os processos chegam até ele com qualidade», acrescenta o sacerdote. E conclui:
«Igualmente, procuraremos, reforçar a necessidade de as paróquias darem atenção a estes casamentos e de garantir um correto acolhimento quer aos noivos, quer às wedding planers, orientando-os para que todos os procedimentos legais e canónicos sejam cumpridos».

Todos os participantes receberão um certificado e o seu nome será referenciado no site da Pastoral do Turismo como Weeding Planner autorizada e credenciada pela Diocese do Algarve.

Veja Também

Tribunal de Loulé dá razão à PALP – e impossibilita trabalhos prospectivos de petróleo

O Tribunal Administrativo de Loulé deu razão à contestação que a PALP entregou, no dia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *