Home / Economia & Emprego / Economia / Poder de Compra Concelhio: Silves abaixo da média nacional

Poder de Compra Concelhio: Silves abaixo da média nacional

Dos 308 municípios do país apenas 33 têm valores acima da média nacional, segundo o estudo que o Instituto Nacional de Estatística divulgou.
Silves surge apenas na 160ª posição, a meio da tabela dos municípios nacionais e regionais.

Os resultados foram divulgados na 12.ª edição do Estudo sobre o Poder de Compra Concelhio, relativo a 2015 (EPCC 2015) realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
«Esta publicação caracteriza os municípios portugueses sob o ponto de vista do poder de compra, a partir de um conjunto de indicadores resultantes de um modelo de análise fatorial: o Indicador per Capita de poder de compra (IpC), a Percentagem de Poder de Compra (PPC), indicador derivado do IpC, e o Fator Dinamismo Relativo (FDR).»
O Indicador per Capita do poder de compra pretende revelar o poder de compra manifestado diariamente nos diferentes municípios ou regiões, tendo por referência o valor nacional (Portugal=100).

Essa análise confirma a tendência que se verifica há vários anos: são poucos os municípios que alcançam um valor acima da média nacional (33 em 2015) e desses, um número ainda mais reduzido (23) concentra 50% do poder de compra nacional.
Assim, 89% dos municípios apresentam um poder de compra inferior à média nacional.

De entre os municípios que estão acima dessa média destacam-se três concelhos algarvios, Faro, Albufeira e Portimão, que conseguem esse resultado numa região que fica abaixo da média, com 95,2%.

De acordo com o INE é o seguinte o posicionamento dos municípios algarvios

– 6º Faro- 132,14%
– 23º Albufeira – 104,44%
– 33º Portimão – 100,67%
– 49º Loulé – 95,8%
– 57º Vila Real Stº António – 93,7%
– 76º Tavira – 89,4%
– 80º Lagos – 88,3%
– 108º S. Brás de Alportel – 83,6%
– 124º Lagoa – 81,4%
– 128º Olhão – 80,8%
160º Silves – 75,2%
– 208º Castro Marim – 69,7%
– 224º Alcoutim – 68,5%
-262º Aljezur – 64,1%
-285º Monchique – 61,3%
– 288º Vila do Bispo – 60,9%

No que se refere ao concelho de Silves, acrescente-se que no último estudo deste teor, realizado em 2013, se encontrava numa situação muito semelhante, na 163ª posição, com uma média de 75,1%.

Poder de compra sazonal
Já na vertente do Factor Dinamismo Relativo (FDR) que analisa o “poder de compra de manifestação irregular, geralmente sazonal, relacionado com os fluxos turísticos” verifica-se que dos 16 municípios “com um registo superior ao desvio-padrão” havia 11 no Algarve.
Entre eles encontra-se o município de Silves, a par de Albufeira, Vila do Bispo, Lagos, Loulé, Lagoa, Aljezur, Tavira, Castro Marim, Portimão e Vila Real de Santo António.

PartilharShare on Facebook53Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePin on Pinterest0

Veja Também

DECO informa: “Os meus direitos estão salvaguardados quando compro online?”

Delegação Regional do Algarve CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO “Os meus direitos estão salvaguardados quando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *