Home / Concelho / Câmara Municipal e Assembleia Municipal de Silves – novos eleitos tomaram posse

Câmara Municipal e Assembleia Municipal de Silves – novos eleitos tomaram posse

No dia 20 de outubro decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho a cerimónia de tomada de posse dos eleitos para o executivo da Câmara Municipal de Silves e membros da Assembleia Municipal de Silves.
Ainda sob a presidência de Analídio Braz, presidente cessante da Assembleia Municipal de Silves, o novo executivo da Câmara Municipal tomou posse.
Rosa Palma lidera de novo a autarquia, depois da CDU ter conquistado a maioria absoluta nas últimas eleições. Além da presidente, o Executivo Permanente é composto pelo vice-presidente Mário Godinho e pelos vereadores Luísa Conduto Luís e Maxime Bispo.

Executivo Permanente da CMS: Mário Godinho, Rosa Palma, Luísa Conduto Luís, Maxime Bispo

Compõem ainda o executivo camarário os vereadores eleitos pelo PSD, Rogério Pinto e José Pedro Soares; e a vereador do PS, Fátima Matos.

Executivo Municipal: José Pedro Soares, Maxime Bispo, Fátima Matos, Luísa Luís, Rogério Pinto, Mário Godinho, Rosa Palma

 

“Queremos um concelho solidário, um lugar de oportunidades”

“Queremos um concelho solidário, um lugar de oportunidades” onde “todos sejam capazes de trabalhar em conjunto” para que este “não seja apenas o local onde o destino nos depositou. Mas que seja o lugar onde gostamos de viver – e principalmente que este seja o nosso lar” , afirmou Rosa Palma no final da sua intervenção.
Numa declaração à qual não faltou emoção, a presidente reeleita sublinhou a gratidão que sentia e expressou o seu agradecimento à população do Concelho de Silves, pela confiança depositada em si e na sua equipa.
Começando por lembrar o seu percurso na Câmara Municipal de Silves, iniciado quando há oito anos foi eleita vereadora não permanente, Rosa Palma falou depois do sucedido há quatro anos, quando foi eleita presidente, referindo-se a esse momento como o princípio de um “novo ciclo”, de uma “renovação”.
Quanto ao mandato anterior, a presidente afirmou que os primeiros anos foram passados a “arrumar a casa”, principalmente no que respeitava às questões financeiras e que, uma vez alcançado esse objetivo, veio o tempo do investimento “muito significativo” e das obras em todas as freguesias, para resolver necessidades há muito identificadas, muitas delas ainda no campo das infraestruturas básicas.
No atual mandato, Rosa Palma afirmou que irá prosseguir “com a mesma linha de atuação, visando uma gestão autárquica mais eficaz, positiva e transparente, feita com o contributo fundamental dos cidadãos e a colaboração das restantes forças políticas”, ajudada por uma “mais completa e renovada pela confiança que nos foi concedida”.
No que se refere aos projetos futuros irão concluir as obras em curso e iniciar muitas obras, em todas as freguesias, o que irá manter “Silves nos lugares de topo dos concelhos algarvios” e “tentar aproveitar ao máximo os fundos comunitários”, além das 30 candidaturas que o Município já tem aprovadas, num valor superior a 6 milhões de euros.
Após enumerar várias obras e projetos que a autarquia tem em curso, a presidente sublinhou que a intervenção do Município não se limitará a estas áreas, mas que pretende apoiar mais fortemente as juntas de freguesia do concelho e também a área da cultura, juventude, ação social, educação e outras.
No final, Rosa Palma sublinhou a sua vontade de continuar a trabalhar em prol do concelho, “para uma vida melhor para a nossa população, da serra ao mar, para um presente digno para os nossos idosos e uma perspetiva de futuro para os nossos filhos!”

( Pode ver aqui, o discurso na íntegra: Discurso PCM Silves_tomada de posse )

 

Vítor Rodrigues eleito presidente da Assembleia Municipal

A segunda parte da cerimónia consistiu na tomada de posse dos novos membros da Assembleia Municipal e na votação do presidente e mesa da Assembleia.
Como a mesa da Assembleia (presidente e dois secretários) é eleita pelos membros da Assembleia e presidentes das juntas que participam, por inerência, neste órgão, teve que se proceder à votação das duas listas apresentadas, uma da bancada da CDU, outra da bancada do PSD.
Da votação saiu vencedora a lista apresentada pela bancada da CDU, (com 16 votos a favor, contra 10 e 1 abstenção) sendo eleitos Vítor Rodrigues como presidente da Assembleia Municipal de Silves e Olga Fernandes e João Varela como secretários.
Neste novo mandato, a Assembleia Municipal de Silves ficou assim constituída: 13 eleitos da CDU (11 mandatos+2 presidentes de juntas); 8 eleitos do PSD (5 mandatos+3 presidentes de juntas); 5 eleitos do PS (4 mandatos+1 presidente de junta); 1 eleito do BE.

Mesa da AM: Olga Fernandes, Vítor Rodrigues; João Varela

Após a sua eleição, o novo presidente da Assembleia Municipal de Silves interveio, começando por fazer um “agradecimento ao povo de Silves”. Dizendo que “há cinco meses não pensava estar aqui”, Vítor Rodrigues dirigiu-se também aos restantes membros da Assembleia, na convicção de que “todos darão o seu melhor”. Apelou à união das diferentes forças partidárias, na continuidade do que o anterior presidente Analídio Braz já fizera na sua intervenção de despedida, e reforçou a ideia do trabalho em conjunto afirmando ainda: “não baixem os braços, sejam exigentes”.

Membros da Assembleia Municipal (na foto falta o presidente da União de Freguesias de Algoz e Tunes que não esteve presente, fazendo-se representar)

Veja Também

Exposição “Artistas pela Paz” , em Silves

Assinalando o Dia Internacional da Paz, a Câmara Municipal de Silves apresenta no edifício dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *