Home / Sociedade / Cultura / Associação de Jardins-Escola João de Deus distinguida pelo Presidente da República

Associação de Jardins-Escola João de Deus distinguida pelo Presidente da República

A Associação de Jardins-Escola João de Deus foi distinguida pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com a Ordem Honorífica de Instrução Pública.
No âmbito da comemoração dos 100 anos do Museu João de Deus, Marcelo Rebelo de Sousa destacou o papel essencial que a Instituição teve no setor da educação desde o século XIX e o importante papel do método da Cartilha Maternal no combate à iliteracia em Portugal.

O presidente Marcelo Rebelo de Sousa com Ponces de Carvalho, responsável pela Associação Jardins-Escola João de Deus

A Associação foi fundada em 1882 pelo mecenas Casimiro Freire, sob nome Associação de Escolas Móveis pelo Método João de Deus. É uma Instituição Particular de Solidariedade Social – IPSS, dedicada à Educação e à Cultura.
Atualmente, a Associação de Jardins-Escola João de Deus tem 55 centros educativos distribuídos pelo país, cuja atividade se reparte por: 37 Jardins-Escolas, incluindo um em São Bartolomeu de Messines, terra natal do criador da Cartilha Maternal; 7 Centros Infantis e Creche Familiar; 2 Ludotecas Itinerantes; 2 Museus; a Escola Superior de Educação João de Deus; o Centro de Acolhimento Temporário de Crianças e Jovens em Risco de Odivelas «Casa Rainha Santa Isabel» e outros projetos.

O presidente no Museu João de Deus ( Fotos Associação Jardins-Escola João de Deus)

Quanto ao Museu João de Deus, que agora comemora 100 anos, podemos encontrar além de correspondência e objetos pessoais de João de Deus e de João de Deus Ramos, bustos, pinturas, desenhos, e ainda uma biblioteca histórica. Do seu acervo bibliográfico, faz parte um número significativo de Métodos de Iniciação à Leitura e ao Cálculo.
Conta ainda com o arquivo de manuscritos de Francisco Teixeira de Queiroz, correspondência de Maria Amália Vaz de Carvalho, algumas cartas enviadas a João de Barros, obras de Ladislau Patrício e ainda, uma grande coleção de Jornais e Publicações Periódicas, que documentam aspetos significativamente importantes, dos séculos XIX e XX.
A entrada é gratuita.

PartilharShare on Facebook88Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePin on Pinterest0

Veja Também

Encontro de Coros em Silves

No dia 22 de outubro decorre o XVIII Encontro de Coros em Silves, no Teatro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *