Home / Concelho / Assembleia da República recomenda que comboios voltem a parar em São Marcos da Serra

Assembleia da República recomenda que comboios voltem a parar em São Marcos da Serra

A Assembleia da República recomendou ao Governo que interceda junto da CP para que seja reposta a paragem dos comboios na Estação de São Marcos da Serra.
Segundo a resolução aprovada e publicada em Diário da República, a Assembleia da República defende que seja reposta a paragem de comboios em São Marcos da Serra de, pelo menos, dois comboios por dia, em cada sentido.
Recorde-se que os comboios deixaram de pagar para o embarque e desembarque de passageiros em 2011, deixando a população dependente de autocarros que só circulam durante a semana.
Durante muito tempo dava-se até a situação caricata dos comboios continuarem a parar na estação, para cruzamento com outros, mas sem que fosse permitido o embarque ou desembarque de passageiros.

Em fevereiro houve mais um protesto, com a presença de autarcas e muita população

A reivindicação para que os comboios voltem a parar nesta estação tem sido alimentada pela população e autarcas, quer da Junta de Freguesia de S. Marcos da Serra quer da Câmara Municipal de Silves. Abaixo-assinados e protestos não têm deixado que esta questão seja esquecida, bem como a população que necessita de transportes públicos.
Recentemente foi realizado um abaixo-assinado que recolheu cerca de mil assinaturas, no qual os signatários afirmavam que “a falta de transporte contribui para a acentuada taxa de desemprego” e “dificulta o acesso da população ao hospital, sendo que o mais próximo fica a mais de cinquenta quilómetros de distância, e aos demais serviços de saúde”.
A anunciada “extinção da única farmácia” e a ameaça de encerramento da Extensão de Saúde existente “privam as pessoas dos respetivos serviços e obrigam-nas a maiores deslocações”, acrescentam.
Por outro lado, “ a paragem do comboio é um factor de desenvolvimento local, facilitando a atração de visitantes e a frequência do parque de campismo existente”, dizem.
O referido abaixo-assinado foi entregue à Câmara Municipal de Silves que encaminhou o documento à administração da CP.

De referir que a autarquia tem procurado reverter esta situação, que se arrasta desde dezembro de 2011 quando os comboios deixaram de parar em S. Marcos da Serra, na sequência de alterações na oferta feita pela CP na Linha do Sul.

Veja Também

Corte de trânsito em Armação de Pêra

A Câmara Municipal de Silves informa que “devido a trabalhos de uma obra particular relacionados …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *