Home / Vida / Saúde & Bem Estar / Dia Nacional da Luta Contra a Dor assinala-se a 14 de junho

Dia Nacional da Luta Contra a Dor assinala-se a 14 de junho

Portugal está entre os países com índices de dor mais elevados

A Dor é um problema global, atingindo todas as pessoas, em qualquer local e a qualquer momento das suas vidas, manifestando-se de diversas formas e intensidades. Assim, alertar para as consequências sociais e económicas da dor e sensibilizar para a necessidade de procurar profissionais qualificados que possam ajudar no alívio e tratamento deste problema são os objetivos do Dia Nacional da Luta Contra a Dor, que se assinala dia 14 de junho.

A dor tem a capacidade de afetar os indivíduos nas mais variadas vertentes da sua vida, seja profissional seja familiar. A produção, desempenho e rentabilidade no trabalho são afetadas e também as atividades e programas com familiares e amigos acabam por ser canceladas devido ao mau estar relacionado com a dor.

Alguns dados do estudo sobre a dor divulgado na passada semana revelam que dos 15 países europeus analisados, Portugal tem o quarto valor mais elevado no que se refere à prevalência semanal da dor corporal (61%), enquanto a prevalência da dor de cabeça semanal está alinhada com a tendência global, com comparativamente menor prevalência semanal entre sofredores (16%).

Além do impacto negativo na progressão das carreiras profissionais, no processo de socialização e gestão familiar, a dor afeta de forma grave a qualidade de vida dos portugueses. No entanto, entre a população portuguesa, apesar de as pessoas confiarem no diagnóstico realizado pelos profissionais de saúde e de realizarem o tratamento por eles sugerido, ainda existem muitas que ignoram a dor e não tomam medidas para a combater, esperando apenas que ela desapareça. Os efeitos negativos deste problema estendem-se também a outras áreas, sendo que representa um prejuízo para a economia nacional tal como acontece com outros problemas de saúde, como o cancro e as doenças cardiovasculares.

Para sensibilizar a população foi lançado o site ‘Movimento Portugal sem Dor’ que procura alertar não só para as consequências da dor na vida dos portugueses, mas também para a importância da criação e adoção de estratégias que promovam o alívio ou tratamento deste problema e uma melhor qualidade de vida.

Para um “Portugal sem Dor” e mais feliz, é importante adotar um estilo de vida mais equilibrado, que inclua atividade física e um acompanhamento regular da saúde. Para mais informação consulte: http://movimentoportugalsemdor.jn.pt/

O Dia Nacional da Luta Contra a Dor permite assim consciencializar os portugueses para as potenciais consequências da dor e criar um debate sobre as causas e os efeitos na sociedade e na economia. Só desta forma será possível a tomada de medidas no combate a este problema generalizado entre a população portuguesa, permitindo o acesso aos tratamentos mais eficazes.

Veja Também

Cerca de 200 pais Natal desfilaram em Armação de Pêra

Cerca de 200 “pais Natal” participaram no 7º Passeio de Pais Natal que se realizou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *