Home / Memórias / Memórias: Observar as aves junto ao Rio Arade

Memórias: Observar as aves junto ao Rio Arade

Memórias: Agora que a atenção da comunidade de birdwatching está virada para Silves, graças à descoberta de uma ave muito rara na Europa ( http://www.terraruiva.pt/2017/01/29/ave-rara-na-europa-descoberta-silves/      ) , o Terra Ruiva recupera um artigo de Paulo Sampaio, publicado na edição nº 105, de Novembro de 2009. Nele, chama-se a atenção para a quantidade de aves que é possível observar junto ao Rio Arade. 

 

Observar as aves junto ao Arade

Quem vive na cidade de Silves já se habituou a dar um pequeno passeio no novo parque da cidade. Não gosto de correr – cansa e faz-me transpirar – prefiro caminhar – não há melhor desporto – muito calmamente, apreciando o fim do dia e os tons do céu e do rio, às vezes a lua nasce logo ao fim da tarde enriquecendo o cenário. Anda-se, conversa-se com quem nos acompanha. Não pode haver pressas. É preciso aproveitar a sensação de calma que o rio nos transmite.

Costumo aproveitar para observar algumas aves junto ao Rio Arade…

Algumas espécies de aves que se observam, frequentemente, junto ao Arade:
Guincho (Larus ridibundos)
Garça-real (Ardea cinérea)
Garça-branca (Egretta garzetta)
Pernilongo (Himantopus himantopus)
Pilrito-comum (Calidris alpina)
Alvéola-branca (Motacilla alba alba)
Pardal-comum (Passer domesticus)
Galinha d’água (Gallinula chloropus)

Pernilongo

Note-se que estas são aves que se observam diariamente. Há dias em que se tem mais sorte e se pode observar outras aves como o corvo-marinho (Phalacrocorax carbo).
Seguindo em direcção ao hipermercado Modelo (atual Continente)  – atenção ao ninho de cegonhas-brancas (Ciconia ciconia) – chegamos a um terreno onde, às vezes, se vêem cavalos sempre acompanhados por garças-boieiras (Bubulcus ibis) e onde também já observei abibes (Vanellus vanellus) o que dá ainda mais gozo por se tratar de uma observação menos comum e por ser uma ave bonita.
Também é enriquecedor conhecer as características das aves. É curioso observar que os guinchos durante o Inverno têm a cabeça branca com apenas uma pinta preta e, na Primavera, época do acasalamento, ficam com a cabeça totalmente preta para, assim, se tornarem mais vistosos.
A observação de aves é grátis, não paga imposto e também não prejudica o ambiente. É pois, uma excelente actividade para os fins-de-semana: deve-se simplesmente, ter um bom Guia de Aves, um bloco de notas e binóculos.

(Guia de Aves – é um guia que permite identificar a ave que se observa.
Bloco de notas – pequeno bloco onde se aponta as observações feitas para que fiquem devidamente registadas.
Binóculos – normalmente uns binóculos 50×10 de uma boa marca são apropriados, mas é sempre bom fazermos um estudo de diferentes modelos para que se escolha o que mais se adapta ao nosso gosto. Vestuário e calçado apropriados à caminhada.)

O Algarve é uma excelente região para esta actividade. Alguns dos locais de eleição são:
– Lagoa dos Salgados: na costa entre Armação de Pêra e Albufeira poderá observar esta rica zona húmida, protegida do mar pelas dunas. Assista à alimentação dos alfaiates, dos flamingos cor-de-rosa, das galinhas de água e de um ou outro caimão. Um local fantástico para observar aves.
-Ponta de Sagres: local para observar aves migratórias nos meses de Setembro e Outubro.
-Ludo, próximo de Faro: outro interessante local para observações.

Bons passeios. Boas observações.

 

Observação de Aves
As entidades responsáveis pela promoção do Algarve estão a apostar seriamente na observação de aves para atrair turistas. O potencial deste mercado é enorme: existem, em todo o mundo, cerca de 100 milhões de observadores de aves que preferencialmente fazem as suas viagens durante as época baixa, o que gera receitas e combate a sazonalidade.
No Algarve, autêntico paraíso para os ornitólogos, o Turismo do Algarve está a preparar um guia bilingue sobre birdwatching e está a ponderar a realização de um festival de aves. A palavra de ordem é a de apostar seriamente neste nicho de mercado turístico que pode vir a ser tão importante quanto o golfe.

Vocabulário

Ornitologia é a ciência que estuda as aves. O ornitólogo amador dedica-se à observação de aves de forma amadora.
Birdwatching é a actividade, com muitos adeptos em Inglaterra e Estados Unidos, que consiste na observação de aves.
Mais informações interessantes: Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves: http://www.spea.pt
Guias de campo Fapas: www.fapas.pt

 

Texto: Paulo Sampaio

Veja Também

Memórias: “Numa noite de Natal em Messines”

Na secção Memórias recuperamos uma Memória de Natal, de Teodomiro Neto, publicado na edição nº …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *