Home / Vida / Psicologia / As coisas importantes

As coisas importantes

Em primeiro lugar quero desejar a todos os leitores um excelente 2017. Que este seja um ano de renovação, de arrumar os assuntos inacabados e que não ajudaram a vida a fluir positivamente no ano transato. Como reflexão para este ano, partilho mais uma pequena história.

“Um professor de filosofia mostrou à turma uma jarra de vidro e uma taça com rochas. Ele pediu aos alunos para encherem a jarra com as rochas. Quando terminaram, ele perguntou se conseguiam colocar mais alguma coisa. Os alunos disseram que não conseguiam colocar mais nada. Então, o professor pegou numa taça com pedras, que são mais pequenas que as rochas. Ele pediu aos alunos para encherem a jarra até ao topo com as pedras que conseguiam encaixar-se bem entre as rochas. Quando terminaram, ele perguntou se mais alguma coisa podia caber. Os alunos disseram que nada mais podia caber na jarra. Então, o professor pegou numa taça de berlindes. E os alunos colocaram os berlindes na taça e estes encaixaram-se entre as pedras que estavam encaixadas entre as rochas. E claro, os alunos concordaram que não conseguiam colocar mais nada.
Então, o professor pegou numa taça de areia. Os alunos despejaram a areia dentro da jarra, que encaixou perfeitamente entre os berlindes, pedras e rochas. E claro os alunos tinham a certeza que nada mais podia caber. E então ele pegou em água, que se encaixou perfeitamente na areia, que estava encaixada nos berlindes, que estavam encaixados nas pedras, que estavam encaixadas nas rochas.
Os alunos estavam espantados! Eles pensaram que não conseguiam colocar nada mais do que as rochas.”

Olhe para a sua vida. Quais são as suas rochas? Está a encaixá-las primeiro? Elas podem ser a sua saúde, as suas finanças, as suas relações pessoais com Deus, com o(a) seu (sua) companheiro(a), os seus filhos, o seu trabalho. Quais são as mais importantes e o que está a fazer para as tornar melhores?
Quaisquer que sejam as suas prioridades, verifique que as coloca na jarra em primeiro lugar. Uma vez que estejam no lugar, comece a colocar as pedras. Elas vêm em segundo lugar, depois das prioridades. Depois pode colocar os berlindes, areia e água. Consegue sempre colocar mais coisas, mas verifique que coloca as rochas em primeiro lugar.

A chave é dar prioridade às coisas mais importantes para si para que se sinta realizado(a), feliz e com sucesso. Arranje sempre tempo para o que é mais importante. Não urgente, mas importante tanto para agora como para o futuro. As rochas que definimos para nossas vidas são como as fundações de uma casa, se forem sólidas e bem definidas, vão ajudar a que mesmo nas tempestades a casa se aguente firme e nos ajude a superar os momentos mais difíceis, mantendo a estrutura que nos protege e abriga. Verifique as suas rochas e inicie 2017 colocando em primeiro lugar o que é verdadeiramente importante.

“Sem sonhos, a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais. Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. Melhor é errar por tentar do que errar por omitir!” – Augusto Curry

Veja Também

APAV assinala Dia Internacional da Pessoa Idosa lembrando que violência está a aumentar

A APAV associa-se, uma vez mais, à iniciativa anual do Dia Internacional da Pessoa Idosa,  …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *