Home / Sociedade / Cultura / Há Teatro no Concelho!

Há Teatro no Concelho!

No dia 8 de dezembro de 2016, o Grupo de Teatro Penedo Grande, de S. Bartolomeu de Messines, iniciou as comemorações do seu 30º aniversário. E não é para menos: há 30 anos atrás começaram os ensaios para a primeira peça apresentada, “A Casa de Bernarda Alba”, de Federico Garcia Lorca.
Mas este emblemático grupo não é o único no Concelho. Literalmente, da serra ao mar, há teatro no Concelho de Silves.

"A casa de Bernarda Alba" - 1987
“A casa de Bernarda Alba” – 1987

 

Foi na Sociedade de Instrução e Recreio Messinense que o Grupo de Teatro Penedo Grande começou a desenvolver a sua atividade.

Inicialmente como grupo da Sociedade, anos mais tarde constituiu-se como entidade autónoma, embora continue instalado e a ensaiar numa sala da coletividade.

 

 

 

 

Este grupo, orientado por Lisete Martins, começou por ensaiar “A Casa de Bernarda Alba”, de Garcia Lorca, uma peça que, além de toda a sua força dramática, tinha uma particularidade: as personagens eram todas femininas.
O que facilitou muito a fundação do grupo, pois, desde essa altura até hoje, tem sido difícil encontrar homens disponíveis para participar.
Trinta anos depois, este grupo já apresentou dezenas de trabalhos, de variados autores e géneros, de tragédias a teatro para a infância. Ao longo dos anos, muitas foram as pessoas, sem qualquer formação – amadores – que deram corpo às personagens. Por diversas ocasiões o grupo teve a funcionar núcleos infantis e juvenis, autênticos viveiros de cultura. Espetáculos contam-se pelas centenas, com alguns momentos altos, no Teatro da Trindade, em Lisboa, ou no Teatro Lethes, em Faro, e em dezenas de cidades, vilas e aldeias do Algarve e Alentejo.
Uma verdadeira odisseia, apenas explicada pela dedicação de um núcleo de amadores que tem conseguido quebrar as barreiras e resistido à desmotivação e cansaço.
Este ano, em dezembro, faz 30 anos que o Grupo Penedo Grande fez o primeiro ensaio. Em dezembro de 2017, fará 30 anos que realizou o primeiro espetáculo. Para este período de tempo, está prevista a realização de um programa de comemorações que será divulgado no início do próximo ano.

O fenómeno do teatro sénior

Uma outra experiência que vem dando frutos muito interessantes, teve início em 2014, por iniciativa da Câmara Municipal de Silves, quando começaram a ser dinamizados grupos de teatro sénior, através do programa “+ Proximus”. Assim, surgiram grupos nos Polos de Educação ao Longo da Vida em S. Bartolomeu de Messines, Tunes, Silves e Armação de Pêra.
Orientados por técnicos da autarquia e com o auxílio de alguns utentes dos polos, os grupos formaram-se, criaram as suas próprias histórias, encenaram-nas e no final do ano estiveram presentes num espetáculo conjunto que decorreu no Teatro Mascarenhas Gregório, em Silves.
“Armação, essa das ruas para o mar”, “Os sonhos de Chico Pedro”, “O Gregório Mascarenhas, a Menina Juventina e o Marreco” e “os Ditos e Mexericos” foram as peças apresentadas, relacionadas com a comunidade onde vivem os atores.
Os grupos apresentaram-se também nas suas freguesias, contando com centenas de espectadores que, se reviam nas histórias contadas ou que descobriam um pouco mais da história da sua terra.
Para os participantes, mulheres na sua esmagadora maioria, com idades compreendidas entre os 60 e os 92 anos, estes espetáculos representaram um misto de grande nervosismo, excitação e finalmente de alegria. Como se testemunhava no final dos espetáculos, muitas nem queriam acreditar que tinham sido capazes de enfrentar um palco e um público, ou que tinham conseguido fazer tudo sem se enganarem ou esquecerem de algum texto.

Encontro Teatro Senior - 2014
Encontro Teatro Senior – 2014

O sucesso das apresentações e a motivação dos participantes foi tão grande que, quando o programa dinamizado pela Câmara de Silves terminou, todos os grupos quiseram continuar. Então, com diversos graus de autonomia e de apoio externo, foi possível prosseguir, tendo os grupos continuado a sua atividade e apresentado outros trabalhos.
Para janeiro está previsto que arranquem os ensaios de novos espetáculos, pelo que se convidam todas as pessoas que desejem participar a se dirigirem aos Polos de Educação ao Longo da Vida.

Novo grupo em S. Marcos da Serra

Em S. Marcos da Serra, está a acontecer uma experiência totalmente diversa. Mas com um denominador comum: há um novo grupo de teatro a dar os primeiros passos. O arranque do grupo deu-se aquando da preparação da iniciativa “Por Atalhos do Remexido” (em abril de 2015). Era intenção da organização representar alguns momentos da vida de José Joaquim de Sousa Reis, o “Remexido”. Para tal, foi pedido o apoio do Grupo de Teatro Penedo Grande que já apresentara uma peça sobre a vida de o “Remexido”, da autoria de Teodomiro Neto.
Feita a representação, os atores amadores decidiram continuar a ensaiar e em breve poderá haver novidades.

Al Teatro instala-se em Silves
É ainda de destacar a presença em Silves da companhia profissional de teatro, Al Teatro, dirigida pelo ator Pedro Ramos que, curiosamente, deu os primeiros passos da sua carreira em Messines, no Grupo de Teatro Penedo Grande.
Instalada desde 2014, na Fissul, em Silves, ao abrigo de um protocolo estabelecido com a Câmara Municipal de Silves, tem desenvolvido variadas ações no âmbito do teatro, quer com produções próprias, quer com com outros grupos, com espetáculos para várias idades e gostos, além de organização de ações de formação.


No balanço geral, é caso para dizer com orgulho: “Há teatro no Concelho de Silves”. Que a chama não se apague!

Veja Também

Exposição Fotográfica “Refugiados” em Silves

A Exposição fotográfica “Refugiados” do fotógrafo Frank Kopperschläger está patente ao público nos Paços do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *