Home / Sociedade / História & Património / Presépio Tradicional em Cortiça em exposição em S. Marcos da Serra

Presépio Tradicional em Cortiça em exposição em S. Marcos da Serra

Numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Silves, estará patente de 3 de dezembro e 11 de janeiro, no edifício da Junta de Freguesia de S. Marcos da Serra, um presépio tradicional em cortiça, da artesã Alzira Cabrita.presepio-em-cortica_casa-museu-joao-de-deus

É  mais de uma dezena as peças em exposição, desde a adoração do menino à chegada dos Reis Magos, passando pela representação de monumentos e cenas do quotidiano.

Este presépio foi doado à Casa Museu João de Deus  há mais de uma década tendo as suas peças sido alvo de restauro por Horácio Campos Trindade, antigo colaborador do Museu da Cortiça da Fábrica do Inglês.

A inauguração da mostra, que conta com o apoio da Junta de Freguesia de S. Marcos da Serra, encontra-se agendada para dia 3 de dezembro, pelas 16h.

*Nota Biográfica de Alzira Cabrita
Alzira de Jesus Cabrita, nasceu em Vale Fuzeiros em 1920.
Foi durante muitos anos especialista em doçaria tradicional de figo seco, elaborando diversos doces, desde as tradicionais “galinhas em figo” às emblemáticas miniaturas de “doce fino”.
Desde bem jovem que revelou uma imensa sensibilidade e aptidão para trabalhar a cortiça.
Em 1954 criou o seu primeiro quadro em cortiça, encomenda da Fábrica do Inglês. A partir de então elaborou inúmeras peças em cortiça das quais se destaca diversos monumentos concelhios e nacionais, tais como o Castelo de Silves, a Cruz de Portugal, e a Janela manuelina do Convento de Tomar, entre outros.
Durante a sua vida participou em mais de 60 exposições.
Representou por diversos anos o concelho de Silves e os seus artesãos na FATACIL no concelho de Lagoa e na FIL em Lisboa.
No ano de 1998 doou grande parte do seu espólio ao Município de Silves através da Casa-Museu João de Deus, em S. Bartolomeu de Messines.

Veja Também

Festas de Verão em São Marcos da Serra

Nos dias 14 e 15 de agosto realizam-se, em São Marcos da Serra, as Festas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *