Home / Algarve / Programa cultural «365 Algarve» divulga programação para dezembro

Programa cultural «365 Algarve» divulga programação para dezembro

O programa cultural «365 Algarve», que dinamiza o destino turístico na época baixa, vai contar com mais de 30 apresentações por toda a região em dezembro. Concertos, teatro, dança, exposições, artes visuais, gastronomia e circo são alguns exemplos da vasta diversidade do programa.

outdoor-jovens-criadoresEm Silves está prevista uma iniciativa no âmbito da rubrica “Animação de Património – Momentos fantásticos com património – A Banda vai” que irá realizar-se no dia 11 de dezembro, às 16h30, com a participação da Banda Filarmónica Silvense.

«Peep & Eat (Espreitar e comer) e Companhia Laika» regressam num teatro culinário onde chefes cozinheiros e surpreendentes efeitos visuais encontram-se numa cozinha giratória e, à sua volta, em salas de espreitar e comer, o público experimenta produtos locais como nunca antes os viu. De 01 a 04 de dezembro, na Escola Básica 2+3 de Monchique.

Norberto Lobo, uma das figuras míticas da música portuguesa, vai transportá-lo até uma atmosfera sublime e mágica com o seu «Concerto ao Entardecer» marcado para dia 02, no Hostel 1878, em Faro. Dia 03, o Quarteto Vintage, juntamente com Luís Arrigo, sobe ao palco do Auditório Municipal de Lagoa, num concerto onde se juntam quatro clarinetistas e um percussionista.

Os excertos de uma das mais emblemáticas óperas europeias estão de regresso em versão concerto pela Academia de Música de Lagos. «O Universo de Henry Purcell» baseia-se na trágica e apaixonante história de amor entre Dido e Eneias. Desta vez, é o Auditório do INUAF, em Loulé (dia 2) que recebe o evento.

As artes visuais apresentam a grande novidade do mês com a inauguração da exposição «O Regresso do Objeto – Arte dos anos 1980 na coleção da Fundação de Serralves», no Museu Municipal de Faro onde vão estar algumas das muitas obras que constituem o acervo do Museu de Serralves, importante museu de arte contemporânea em Portugal. A exposição inaugura dia 02 e estará aberta ao público até 19 de fevereiro de 2017.

«Outdoor, Jovens Criadores do Algarve» é outro evento incluído na programação de artes visuais, onde os artistas algarvios ocupam os painéis publicitários em lugares de destaque em Faro, Lagos, Alcoutim e Loulé de 03 de dezembro a 28 de fevereiro. Ainda nesta categoria, a exposição «Documentar o Algarve Interior» transporta, através dos registos fotográficos e fílmicos, para algumas das atividades humanas quase em extinção e vai estar visitável de 05 a 29 de dezembro na sala de exposições da CCDR Algarve, em Faro.

No cinema, regressa o filme «Somos feitos da matéria de que são feitos os sonhos», em celebração dos 400 anos da morte de William Shakespeare, na Casa dos Condes de Alcoutim (dia 06) e no Museu do Traje de São Brás de Alportel (dia 07); e está volta «Vídeo Lucem», o ciclo de filmes passado nas igrejas do Algarve, com os filmes «A Sombra do Caçador» (dia 15, na igreja Matriz de Lagoa) e «A Estrada» (dia 16, na igreja Matriz de São Tiago de Estômbar).

O espírito natalício apodera-se do «365 Algarve» com os concertos da Orquestra de Jazz do Algarve e o tenor Carlos Guilherme, «A Lyrical White Christmas Medley», no Auditório Municipal de Lagoa (dia 09), no Espaço Guadiana, em Alcoutim (dia 10), e na igreja Matriz de Monchique (dia 11). O Natal anuncia-se também com o espetáculo de dança «Quebra Nozes» pela Companhia de Dança do Algarve, nos dias 17 e 18, no Teatro das Figuras, em Faro.

Regressam à programação os «Momentos Fantásticos com o Património – A Banda Vai», onde os visitantes são convidados a viajar no tempo através de uma proposta intimista e sedutora, acompanhados pelos músicos da Filarmónica Silvense, e os dias gastronómicos «Fazer Render o Peixe» em que, através de uma inesperada e criativa fusão entre a gastronomia e as artes visuais, reputados Chefs exploram as riquezas do Algarve. Desta vez são as cidades de Silves (dia 11) e Portimão (de 20 a 23) quem os acolhe.

Os habituais eventos de «Fado & Wine», no Ginásio Clube de Faro, onde se juntam duas artes de excelência, o fado e o vinho (dias 7, 14 e 21), e «Faro Desvendado», uma viagem às origens de Faro e à diversidade cultural que esteve na base da formação da cidade (nos dias 02 e 23), continuam presentes no mês de dezembro.

No Centro Interpretativo de Vila do Bispo continua a exposição «Paisagens Condutoras», construída em três atos, que é consequência de um conjunto de ações performativas e gastronómicas do artista visual Jorge Rocha. Para quem ainda não teve oportunidade de a conhecer, pode fazê-lo até ao fim do mês.

Integrado no projeto LAVRAR o Mar, o circo «Maintenant ou Jamais (Agora ou Nunca)», da Companhia Circa Tsuica, foi o evento escolhido para encerrar o cartaz de dezembro e o ano de 2016. Um espetáculo que desafia os limites do teatro físico sem esquecer a inventividade e os segredos do circo contemporâneo, a ter lugar no heliporto de Monchique, de 29 a 31 de dezembro.

A programação completa pode ser consultada na página do «365 Algarve» no Facebook e o programa está disponível para download no sítio da Região de Turismo do Algarve na Internet.

Veja Também

Universidade do Algarve entre as melhores do mundo em Tourism Management

São vários os atrativos que colocaram Portugal no mapa dos melhores destinos do mundo. Mas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *