Home / Economia & Emprego / Economia / Rota do Petisco com crescimento perto dos 20%

Rota do Petisco com crescimento perto dos 20%

No dia 28 de outubro realizou-se em Portimão, o balanço da Rota do Petisco 2016, que este ano se estendeu a seis concelhos algarvios, incluindo a cidade de Silves e, pela primeira vez, a freguesia de S. Bartolomeu de Messines.
A Rota do Petisco começou em maio, em Lagos e Aljezur, estendendo-se depois a Silves, S. Bartolomeu de Messines, Monchique e Lagos e terminou em setembro em Portimão e Alvor.rota-petisco

Segundo revelou a Teia d’Impulsos, a entidade organizadora,” um total de 250 estabelecimentos serviram, durante as três etapas da Rota, perto de 240 mil rotas”, o que significa um crescimento perto de 20%.

No caso concreto da 2º etapa, onde se incluía Silves, foram vendidas 22 319 rotas.
“O impacto económico direto (o valor das ementas vendidas) esteve na ordem dos 665 mil euros. Este valor é ainda mais significativo quando comparado com o investimento na concretização do evento, estimado em menos de 150 mil euros e maioritariamente suportado por trabalho voluntário”.

Foram também angariados cerca de 22 mil euros, através da venda dos passaportes, um valor que irá reverter na totalidade para o apoio de projetos sociais na região.

Veja Também

Câmara de Silves toma posição para preservar e classificar a Baía de Armação de Pêra

A Câmara Municipal de Silves pretende avançar com uma proposta de classificação da Baía de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *