Home / Concelho / População de São Marcos da Serra exige que comboios voltem a parar na estação

População de São Marcos da Serra exige que comboios voltem a parar na estação

A população de São Marcos da Serra exige que os comboios voltem a parar na estação da aldeia, pelo menos duas vezes por dia, em ambos os sentidos.
Esta exigência está a ser manifestada junto das entidades competentes, tendo sido feito um abaixo-assinado que reuniu centenas de assinaturas em S. Marcos da Serra e Santana da Serra, povoação vizinha que enfrenta o mesmo problema.
No referido documento, os signatários defendem que os comboios voltem a parar na Estação de São Marcos da Serra que há muito se encontra encerrada. Tanto mais, afirmam, que se dá o “caso singular” dos comboios pararem perto destacao-smserraa estação, para aguardar a passagem de outras composições em sentido oposto, não sendo todavia, permitida a entrada ou saída de passageiros.
A necessidade deste meio de transporte é ainda mais necessária em freguesias como São Marcos da Serra e outras do Interior Algarvio e Baixo Alentejo “que são compostas por população dispersa, envelhecida, sem transporte próprio e distante dos grandes centros urbanos”.
Atualmente, a freguesia dispõe apenas de dois autocarros com saída de São Marcos da Serra, às 7h20 e às 14h, e dois autocarros com chegada às 14h e às 19h; com exceção do período escolar em que existe mais um autocarro a chegar pelas 17h40 “ para fazer face a todas as necessidades da população, nomeadamente ida e regresso de estudantes e trabalhadores”. Estes autocarros circulam apenas durante a semana, deixando a povoação sem transporte ao fim de semana.
Para os signatários, “a falta de transporte contribui para a acentuada taxa de desemprego” e “dificulta o acesso da população ao hospital, sendo que o mais próximo fica a mais de cinquenta quilómetros de distância, e aos demais serviços de saúde”.
A anunciada “extinção da única farmácia” e a ameaça de encerramento da Extensão de Saúde existente “privam as pessoas dos respetivos serviços e obrigam-nas a maiores deslocações”, acrescentam.
Por outro lado, “ a paragem do comboio é um factor de desenvolvimento local, facilitando a atração de visitantes e a frequência do parque de campismo existente”, dizem.
O referido abaixo-assinado será entregue à Câmara Municipal de Silves que irá encaminhar o documento à administração da CP.

De referir que a própria autarquia tem procurado reverter esta situação, que se arrasta desde dezembro de 2011 quando os comboios deixaram de parar em S. Marcos da Serra, na sequência de alterações na oferta feita pela CP na Linha do Sul.

Veja Também

Freguesia de Silves já tem símbolos heráldicos

Os Símbolos Heráldicos da Freguesia de Silves, o brasão, bandeira e selo, foram apresentados publicamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *