Home / Concelho / Ponte Velha de Silves está interditada… mas há quem não respeite

Ponte Velha de Silves está interditada… mas há quem não respeite

A Ponte Velha de Silves foi encerrada provisoriamente pela Câmara Municipal de Silves por estar em “risco iminente de colapso”.
Esta medida da autarquia não agradou a todos e as barreiras de proteção e avisos colocados têm sido removidos.

A situação de grande risco foi detetada pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil- LNEC ainda em 2008. Este organismo entregou um relatório à Câmara, mas os anos passaram, sem que fosse tomada nenhuma medida.
Já no mandato da presidente Rosa Palma, a autarquia, em consonância com a Direção Regional da Cultura, apresentou uma candidatura para a obra de “Conservação e Restauro da Ponte Velha de Silves”. No decorrer dos trabalhos técnicos, foi realizado um Estudo de Diagnóstico que apontava para o avançado estado de degradação da ponte. Um Auto de Vistoria, feito em abril de 2016, confirmou esse diagnóstico e evidenciou a ameaça de “risco iminente de colapso”.
Com a Feira Medieval de Silves a começar, sabendo que a ponte é nesses dias atravessada diariamente por centenas de pessoas, a autarquia não quis correr o risco de ver acontecer um desastre. Além disso, passam por esta ponte as condutas de água que abastecem a cidade, pelo que uma derrocada iria provocar certamente uma rotura no abastecimento.
Assim, a proposta de encerrar provisoriamente a ponte foi apresentada em reunião de Câmara, e foi aprovada por unanimidade.
A proibição de circulação diz respeito à “circulação de pessoas e veículos, marítimos e terrestres, tanto no tabuleiro, como na parte inferior da ponte”.
Esta interdição irá manter-se até que a Câmara de Silves consiga executar a obra de “Conservação e Restauro da Ponte Velha de Silves”, cujo projeto já está adjudicado. As obras estão orçadas em mais de 400 mil euros e a autarquia espera conseguir reunir essa verba com recurso a uma candidatura a fundos comunitários e com o apoio do Ministério da Cultura. Até porque a ponte se encontra classificada como Imóvel de Interesse Nacional.
Simultaneamente, o Município prepara o lançamento de concurso público para a execução da empreitada de “Remodelação das redes de água e saneamento”, com passagem pela Ponte Nova de Silves, que libertará a Ponte Velha das respetivas condutas.ponte

 

Contra a interdição

Esta medida da autarquia não foi, no entanto, bem aceite por todos. As barreiras e os sinais de aviso colocados pela Câmara de Silves têm sido removidos e ignorados por muitas pessoas que continuam a circular na ponte.
A Ponte Velha de Silves, mais conhecida por Ponte Romana, há muito que se encontrava encerrada a veículos mas é muito utilizada para a circulação pedestre e os habituais utilizadores não se conformam em ter de percorrer algumas centenas de metros para atravessarem pela Ponte Nova de Silves.

Veja Também

Convocadas Eleições Extraordinárias nos Bombeiros Voluntários de Messines

Está a decorrer o prazo, até ao dia 25 de fevereiro, para entrega de listas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *