Home / Algarve / PCP diz que há apenas um técnico informático para todos os centros de saúde do Barlavento

PCP diz que há apenas um técnico informático para todos os centros de saúde do Barlavento

Há apenas um técnico de informática para prestar apoio a todos os centros e extensões de saúde do Barlavento Algarvio, o qual nem tem viatura própria para as deslocações.

Doral_PCPEsta situação foi denunciada pelo deputado do PCP, Paulo Sá, após a visita que uma delegação deste partido fez ao Centro de Saúde de Lagos, onde tomou conhecimento “dos problemas que se verificam ao nível do apoio informático aos centros e extensões de saúde do Agrupamento de Centros de Saúde Algarve II – Barlavento (ACES Barlavento)”.

Segundo diz o PCP, em “todo o ACES Barlavento (que abrange os concelhos de Aljezur, Lagoa, Lagos, Monchique, Portimão, Silves e Vila do Bispo) há apenas um especialista de informática para o apoio informático aos centros e extensões de saúde.
Acresce que a este especialista não está atribuída viatura, condicionando a deslocação aos centros e extensões de saúde, para apoio informático, à disponibilidade de uma viatura no ACES Barlavento.
Em consequência, apesar do empenho do especialista existente, o apoio informático aos centros e extensões de saúde do ACES Barlavento não é o adequado, com todas as implicações que isso tem no normal funcionamento destas unidades.
De acordo com a informação prestada ao PCP, para que o apoio informático no ACES Barlavento pudesse ser minimamente adequado seria necessário contratar pelo menos dois técnicos de informática.”

Assim, o “Grupo Parlamentar do PCP, por intermédio do deputado Paulo Sá eleito pelo Algarve, questionou o Ministro da Saúde sobre a insuficiência de recursos humanos na área da informática no ACES Barlavento e a necessidade de proceder à contratação de técnicos de informática para este ACES”.

O Grupo Parlamentar do PCP questionou ainda o Ministro da Saúde sobre a situação, ao nível dos recursos humanos na área de informática, que se verifica nos outros dois agrupamentos de centros de saúde do Algarve, designadamente no ACES Central e no ACES Sotavento.

Veja Também

Município de Silves rejeita transferência de competências do Governo

A Câmara Municipal e a Assembleia Municipal recusaram aceitar a transferência de competências que o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *