Home / Concelho / Secção dos Bombeiros de Alcantarilha encerrada “por tempo indeterminado”

Secção dos Bombeiros de Alcantarilha encerrada “por tempo indeterminado”

A secção de Alcantarilha dos Bombeiros Voluntários de Silves está desde hoje encerrada por “tempo indeterminado”, confirmou ao Terra Ruiva, Hilário Mestre, presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Silves.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 90
Apesar de ter consciência que “não era a altura ideal” para tomar esta decisão, Hilário Mestre, diz que a direção dos Bombeiros de Silves “não teve alternativa” devido à falta de condições para manter o quartel de Alcantarilha aberto por mais tempo.
Nos últimos tempos, esta secção contava apenas “com três homens” que tiveram agora de regressar ao trabalho na sede em Silves, apesar das viaturas, nomeadamente o carro de desencarceramento e de combate ao fogo urbano, terem permanecido em Alcantarilha.

 

 

A falta de pessoal, uma “situação que se arrasta”, como disse Hilário Mestre, é agravada pela impossibilidade de contratação de mais pessoal, devido às dificuldades financeiras: “não temos dinheiro e já tenho a segurança social em atraso”. Há também fornecedores à espera dos pagamentos e o presidente da direção receia o corte no fornecimento de oxigénio, o que seria muito grave. Do outro lado do problema, surge uma queixa repetida por todos os corpos de bombeiros no país, o atraso com que várias entidades, especialmente o Estado, paga os serviços dos bombeiros. Também Silves tem muitos milhares de euros para receber, mas que demoram a chegar enquanto as despesas, essas, são fixas e constantes.
Estes problemas são do conhecimento da Câmara Municipal de Silves e das juntas de freguesia com quem Hilário Mestre diz ter tido “ a primeira reunião há mais de um ano”.
Entretanto, em Alcantarilha, são já muitas as pessoas que protestam contra esta situação, temendo a falta de socorro atempada quer aqui, na freguesia, quer nas zonas limítrofes, como Armação de Pêra que nesta altura do ano necessita de reforço na assistência aos locais e aos turistas.

PartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePin on Pinterest0

Veja Também

Conduta de esgotos em Tunes rebenta e inunda várzea

Na várzea de Tunes, junto à estrada para o Algoz, há uma espécie de esgoto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *