Home / Algarve / Comemorações do Dia Mundial do Combate à Desertificação são no Algarve

Comemorações do Dia Mundial do Combate à Desertificação são no Algarve

«Este ano as Comemorações do Dia Mundial de Combate à Desertificação decorrem no Algarve.
O Algarve é uma região do país fortemente atingida pela desertificação. Desde há muito que no Algarve são patentes os efeitos nefastos deste fenómeno: desertificação, degradação da terra, seca e alterações climáticas estão interligadas, e em estreita associação com o despovoamento e o abandono rural.desertificaçao
As comemorações do Dia Mundial de Combate à Desertificação são organizadas pelo ICNF através do Núcleo Regional de Combate à Desertificação do Algarve e vão, este ano, decorrer no Algarve, nos dias 16 e 17 de junho.

Pretendem chamar a atenção para esta problemática e, também, demostrar no terreno que o combate à desertificação é possível.

Assim, no dia 16 de junho o programa consta de um conjunto de visitas a vários projetos que são um exemplo de como, mesmo em situação francamente negativa, se consegue reverter o processo de degradação, apontando caminhos de futuro e de esperança.
No dia 17 de junho as comemorações oficiais terão lugar nas sede do Departamento de Conservação da Natureza e Florestas do Algarve, sita em Pinheiros de Marim, Olhão, onde se apresentarão as entidades a galardoar, antecedidas da inauguração da exposição “Desertos e combate à Desertificação”, onde decorrerá uma mesa redonda acerca dos casos de sucesso visitados e, ainda, uma palestra proferida pelo Eng.º Miguel Freitas “Plano de Desenvolvimento Rural 2020, suas aplicações no combate à desertificação no Algarve”
O ICNF tem patente nas suas ações controlar e reverter a degradação do solo, o mau uso da água, a perda de biodiversidade e a necessária adaptação para enfrentar as alterações climáticas.
Para esse efeito, não só se espera que sejam alterados os paradigmas quanto à mobilização do solo, mas que também sejam privilegiados critérios de discriminação positiva que permitam a reversão da situação.
É pois imperativo que todas as entidades, empresários e cidadãos em geral adotem novos procedimentos, protegendo a terra, restaurando o solo e envolvendo as comunidades neste combate.»

O programa detalhado pode ser consultado aqui: PROGRAMA COMEMORAÇOES (1)

Veja Também

“Guia Algarve” de dezembro com dezenas de eventos para todos os gostos

Dezembro vai ficar marcado por dezenas de eventos culturais que já estão em cartaz no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *