Home / Sociedade / Ambiente & Ciência / Dia da Terra lança o desafio: plantar uma árvore por cada ser humano

Dia da Terra lança o desafio: plantar uma árvore por cada ser humano

dia da terraHoje- dia 22 de abril – , é do Dia da Terra, criado há 46 anos para sensibilizar as pessoas a ajudar o planeta.
Este ano o tema é “Árvores pela Terra” e lança-se o desafio de plantar 7, 8 mil milhões de árvores, em todo o planeta, até 2020. Ou seja, uma árvore por cada pessoa na Terra.
Esta é uma campanha a cinco anos, uma espécie de contagem decrescente até 2020, ano em que se comemoram os 50 anos do Dia da Terra. Neste Dia da Terra de 2016, a meta são as 50.000 árvores.
Os organizadores da iniciativa (http://www.earthday.org ) que apoiam as comunidades locais a cuidar das suas florestas nos seis continentes – explicam que plantar árvores é uma das formas mais fáceis de combater as alterações climáticas.
“As árvores revertem os impactos da degradação dos solos. Dão-nos alimento, energia e receitas”. Têm também a capacidade das árvores de limpar o ar e de nos proteger de furacões e inundações.
Para hoje, a organização desafia os cidadãos a plantarem quatro ou cinco árvores no seu quintal ou mesmo no local de trabalho.

O Dia da Terra estima que hoje mais de um milhão de pessoas em 192 países celebrem o dia 22 de Abril com inúmeras ações. Em Portugal estão listadas duas. Em Lisboa decorre o EarthFest 2016 (de 30 de Abril a 1 de Maio), com dezenas de atividades gratuitas e abertas à participação de todos no Centro de Interpretação de Monsanto (Parque Florestal de Monsanto), iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa. A outra realiza-se em Sátão, iniciativa da organização Teens Actions 4 Good.

Enquanto isso, mais de 160 países assinam hoje, a 22 de Abril, na sede das Nações Unidas em Nova Iorque o Acordo Climático de Paris, alcançado em Dezembro passado. A prioridade é garantir que os grandes emissores de CO2, como os Estados Unidos, China, Índia e União Europeia, cumpram este acordo.
O Acordo de Paris foi adotado por todos os 196 países membros da Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas, a 12 de Dezembro do ano passado. No acordo, todos os países aceitaram trabalhar para limitar o aumento da temperatura do planeta abaixo dos 2ºC, tentando chegar aos 1,5ºC.

Veja Também

Petróleo no Algarve tem mais um episódio judicial depois de Ministério do Mar recorrer da sentença do Tribunal de Loulé

A exploração de petróleo no Algarve tem mais um episódio judicial, agora que se tornou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *