Home / Sociedade / Cultura / “Messines, João de Deus e seus amigos”, na Sociedade de Messines

“Messines, João de Deus e seus amigos”, na Sociedade de Messines

“Messines, João de Deus e seus amigos” é o título da palestra que irá decorrer no dia 19 de março, às 15h, na Sociedade de Instrução e Recreio Messinense.
Esta palestra terá como oradores Patrícia de Jesus Palma e Aurélio Nuno Cabrita.

“É extensa a bibliografia sobre João de Deus e conhecidas as suas relações de amizade com figuras de proa do campo cultural português oitocentista, tais como Camilo Castelo Branco, Eugénio de Castro, Teófilo Braga ou Antero de Quental, que desempenharam um papel importante na divulgação e consagração do autor da Cartilha Maternal.

No entanto, Joao de deus messines sitesão pouco conhecidas, ou pouco referidas, as suas relações com os intelectuais residentes na região natal, com a imprensa algarvia, ou com os agentes que, neste território, divulgaram a obra de João de Deus, nomeadamente o novo método de aprendizagem de aprender a ler. É a estes protagonistas e às suas ações concretas que dedicaremos a palestra «Messines, João de Deus e seus amigos”.

No decorrer deste evento, serão atribuídas algumas distinções a entidades e personalidades que têm contribuído para o progresso e divulgação da Freguesia de S. Bartolomeu de Messines.

 

Esta iniciativa é organizada pela Sociedade de Instrução e Recreio Messinense, em colaboração com a Junta de Freguesia de S. B. Messines e insere-se nas comemorações do 186º aniversário de João de Deus e no 43º aniversário de elevação de Messines a Vila.

 

Nota biográfica:

Patrícia de Jesus Palma (n. 1981) é natural da freguesia de São Marcos da Serra e residente em São Bartolomeu de Messines.
É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – variante Estudos Portugueses, pela Universidade do Algarve, e mestre em Estudos Portugueses – especialidade de Literatura Portuguesa Contemporânea, pela Universidade Nova de Lisboa.
É investigadora do CHAM – Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar da FCSH-Universidade Nova de Lisboa, tendo terminado recentemente o doutoramento em Estudos Portugueses, especialidade de História do Livro e Crítica Textual (aguarda defesa pública), que mereceu o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia. O seu projeto analisa o processo de valorização e expansão geográfica e social da cultura letrada entre 1759 e 1910, tendo como estudo de caso o Algarve.
Tem participado em diversos encontros científicos nacionais e internacionais, promovido atividades de divulgação cultural e publicado artigos com resultados parciais da investigação.

Aurélio Nuno Cabrita – Nasceu em 1978, em S. Bartolomeu de Messines. Licenciado em Engenharia do Ambiente, é mestrando em História do Algarve, na Universidade do Algarve, e técnico superior no Município de Odemira.
Tem publicados diversos artigos e livros sobre a história local e regional. É também colaborador nos jornais Terra Ruiva e no Sul Informação.

PartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePin on Pinterest0

Veja Também

Concerto de beneficência em Silves

Numa iniciativa promovida pelo Silves Rotary Club, o Teatro Mascarenhas Gregório acolhe no próximo dia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *