Home / Concelho / Contratos com Grupos de Desenvolvimento Local incluem Messines e S. Marcos da Serra

Contratos com Grupos de Desenvolvimento Local incluem Messines e S. Marcos da Serra

A Associação In Loco foi uma das associações que esteve presente na assinatura dos contratos com os 52 Grupos de Ação Local – Desenvolvimento Local de Base Comunitária de âmbito rural.
Estes contratos têm um valor total de mais de 242 milhões de euros, de fundos da União Europeia e destinam-se a ser aplicados em muitas freguesias do país, incluindo as freguesias de Messines e S. Marcos da Serra.

 

in loco logoA assinatura dos contratos teve lugar no dia 27 de janeiro, no Cineteatro de Ponte de Sor, numa cerimónia que contou com a presença do primeiro-ministro e do ministro da Agricultura.

“O contrato assinado entre a Associação In Loco, em nome do GAL Interior Algarve Central constituído por 38 entidades parceiras, entre públicas e privadas, e o Governo português, através do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 e o Programa Operacional Regional – CRESC Algarve 2020, prevê uma dotação global multifundos para o território de 3.555.790 €, resultantes de 2.305.790 € de FEADER (Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural), de 570.000 € de FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) e de 680.000 € de FSE (Fundo Social Europeu). A estes valores acrescem ainda 256.198,02€ provenientes do Orçamento de Estado.

O território de intervenção inclui as freguesias de Guia, Paderne, Santa Bárbara de Nexe, União das freguesias de Conceição e Estoi, Alte, Ameixial, Boliqueime, Salir, São Sebastião, União das freguesias de Querença, Tôr e Benafim, Pechão, União das freguesias de Moncarapacho e Fuseta, São Brás de Alportel, São Bartolomeu de Messines, São Marcos da Serra, Cachopo, Santa Catarina da Fonte do Bispo, União das Freguesias de Luz de Tavira e Santo Estêvão

O Desenvolvimento Local de Base Comunitária – rural é um programa para a utilização dos fundos do Portugal 2020 em projetos locais. A diversificação e revitalização da economia local e a criação de emprego são os objetivos do programa cuja operacionalização passou pela constituição de grupos de ação local (GAL) e pela identificação de estratégias de desenvolvimento local (EDL) que permitam a contratualização de projetos concretos a que podem aceder pessoas individuais ou coletivas. Prevê-se para breve a abertura de períodos de candidatura”, informa a Associação In Loco.

Veja Também

Deputado do PCP no Parlamento Europeu reúne com produtores biológicos de Silves

Miguel Viegas, deputado do PCP no Parlamentos Europeu esteve este fim de semana nos concelhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *