Home / Sociedade / Ambiente & Ciência / Dia da Floresta Autóctone juntou mais de sete dezenas de jovens em Silves

Dia da Floresta Autóctone juntou mais de sete dezenas de jovens em Silves

dia da floresta site
Imagine-se que lhe propõe abraçar uma árvore, ou que o desafiam a entrar numa ribeira para ver que tipo de animais ali existem. Imagine, ainda, que lhe colocam na mão uma árvore para plantar.
Na verdade, estas foram algumas das atividades que mais de sete dezenas de jovens tiveram a oportunidade de experimentar, ao longo do “Dia da Floresta Autóctone”, ação que foi organizada pela APA (Agência Portuguesa do Ambiente) e a Câmara Municipal de Silves (CMS), no passado dia 23 de novembro.

Estes jovens, provenientes de estabelecimentos de ensino do concelho (Algoz, Alcantarilha e Silves), concentraram-se na Quinta Pedagógica de Silves, onde passaram o dia e puderam observar, numa pequena ribeira que ali passa, afluente da Ribeira de Odelouca, várias espécies animais e vegetais. Simultaneamente, tiveram contacto com diversos técnicos que lhes garantiram formação sobre recursos hídricos, valorização da ribeira e na remoção de espécies invasoras/plantação de espécies autóctones.
No próprio espaço da ribeira foi possível fazer a monitorização da qualidade da água e temas como a conservação e sustentabilidade de ecossistemas de água doce foram tema de análise.
Técnicos de diversas instituições como o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas IP, a Agência Portuguesa do Ambiente IP – ARH do Algarve, as Águas do Algarve S.A. e a CMS, realizaram experiências que puseram os jovens voluntários em contacto com a natureza e dirigiram trabalhos de replantação de espécies autóctones.
Este foi o início de um projeto de voluntariado ambiental, que ligará a autarquia a todas as instituições representadas nesta formação, ação essa que permitirá efetuar a monitorização, ao longo de todo o ano, deste curso de água. Este projeto ligará, ainda, o Município ao projeto “Voluntariado Ambiental para a Água”, da Agência Portuguesa do Ambiente I.P. – ARH do Algarve (APA – ARH Algarve), tendo já sido dado um primeiro passo, a 1 de outubro, com a realização do Seminário “Dia Nacional da Água – Corredores ecológicos: pessoas e ecossistemas”, que juntou autoridades ambientais e especialistas de vários organismos, na discussão de formas de preservar os recursos naturais da região.
Todas estas iniciativas foram dinamizadas pelos Sectores de Educação e Ambiente da CMS, inserindo-se no pré Projeto Educativo Local e integrando o pilar “Ambiente” (água, recursos hídricos, resíduos e florestas). Ficam, pois, patentes as preocupações da autarquia na preservação dos recursos naturais, consciencialização dos munícipes para questões de educação ambiental e motivação/definição de estratégias para as escolas participarem neste esforço.

Texto e Fotos: Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal de Silves

PartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someonePin on Pinterest0

Veja Também

Ciência Viva no Verão com atividades no Concelho de Silves

Ver as estrelas em Silves, as aves na Lagoa dos Salgados e conhecer como funciona …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *